Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Que tal deixar a Receita Federal sem dados?

Essa presepada toda que os partidos políticos fazem em torno da quebra de sigilo de dados na Receita Federal não vai dar em nada. Vai acabar em outra pizza. Quem quebrou o sigilo continuará livre, leve e solto. Destes, quem trabalha na Receita Federal na Receita continuará. Quem tiver que vencer a eleição presidencial vencerá de qualquer maneira, com o apoio maciço do País de Tolos. As dondocas que perderão a eleição serão alvo de piadas e graçolas, e merecidamente. Inclusive serão alvo deste blog.

Já que a Receita Federal não garante segredo de nada, que tal deixarmos a Receita sem dado nenhum? Bastaria que o Congresso Nacional aprovasse um projeto que extinguisse a coleta de dados de qualquer pessoa física ou jurídica por parte da Receita. O projeto também concederia habeas data a todas as pessoas físicas e jurídicas: todos pegariam seus dados na Receita e de lá se apagaria todo e qualquer vestígio deles.

Só pra começar, o projeto extinguiria a declaração anual de Imposto de Renda, e também todo e qualquer repasse de dados para a Receita a respeito de quaisquer movimentações financeiras, grandes ou pequenas.

Queria ver a reação dos fofoqueiros e dos arapongas da Receita Federal.

Quem não guarda segredo não merece ter segredo nenhum.

P.S: Este texto foi enviado como comentário para a Tribuna da Imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário