Política, cultura e generalidades

domingo, 12 de setembro de 2010

Eleições 2502

Resposta para Cabral culpa gestões anteriores por queda do númer:

"Não dá pra fazer tudo num mandato só" é desculpa pra quem quer fazer uma dinastia. Foda-se o revezamento de poder.

Igualzinho à dinastia Lula. Pra consertar as cagadas das gestões anteriores (inclusive as dos tucanos e a do lulista Sarney), dizem que dois mandatos não são suficientes, e que precisam de outro "pro Brasil continuar mudando".

E como falam tanto em 500 anos, subtraindo-se os 8 anos de Lula, ficam 492 anos. Dividindo-se pelo tempo de um mandato, então o PT precisará de mais 123 mandatos consecutivos, incluindo esse de 2011-2014. Ao final do último, na eleição de 2502, ainda ficarão com medinho da volta dos tucanos. Ainda que os esqueletos de FHC, Serra e Alckmin já tenham virado pó nas tumbas.

O mesmo raciocínio vale para o lulista Sérgio Cabral Filho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário