Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

G1 e a Cinderela do Serra

Vejam a diferença de tratamento que o portal G1 dispensa aos participantes do debate presidencial de agora na TV Globo:

Plínio de Arruda Sampaio é o primeiro a entrar no estúdio #debateglobo #g1debate

Marina Silva, do PV, é a segunda a entrar no estúdio #debateglobo

Serra entra no Estúdio E, sob aplausos de seus assessores e convidados #globodebate

Dilma é a quarta a chegar ao Estúdio E #debateglobo

Dispensa comentários.

A postagem mais imbecil do G1 foi esta aqui:

Ao se dirigir ao estúdio, José Serra ajudou, no corredor, a calçar uma mulher que havia perdido um dos pés do sapato #debateglobo #g1debate

Eu fico imaginando o que passa na cabeça do operador do Twitter do G1 ao fazer tantas postagens detalhadas desse nível, sobre José Serra.

Quanto ao próprio Serra, francamente... O que ele pensa que é? O príncipe da Cinderela? Ou na verdade ele pensa em virar vendedor de sapatos depois da eleição?

Dilma quer entregar eleição de 2014 para o PSDB

Acabei de assistir o último programa da Dilma no Otário Eleitoral Gratuito. Ela acaba de dizer que quer fazer do Brasil um país de classe média.

Se cumprir a promessa, a eleição de 2014 está garantida. Para o PSDB, partido em que a maioria dessa classe mérdia vota.

Dá-lhe Weslian Roriz!





Esta candidata a governadora do Distrito Federal pelo PSC está sendo chamada por aí de Mulher Laranja.

Maldade, pessoal.

Joelma gospel



Parem o mundo que eu quero descer!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

'Star wars' volta aos cinemas em versão 3D

Resposta para O Globo:

Não dá certo converter filme 2D para 3D. Por um motivo simples: todos os elementos do filme foram filmados em 2D. Essa conversão mandrake consiste apenas em recortar cada elemento do filme (personagens e objetos diversos), coisa bem fácil de fazer hoje em dia com a computação gráfica, criar uma camada 2D para cada elemento e sobrepor as várias camadas 2D umas sobre as outras.

CNBB não vai à reunião em que Dilma tentou desmentir que é a favor do aborto

Não adianta, senhores bispos da CNBB. O PT é fruto de uma grande suruba entre vossa entidade, os sindicalistas do ABC e os intelectuais de esquerda.

Pra desvincular a CNBB do PT, vossas excelências reverendíssimas terão que partir para o confronto aberto, sincero e declarado.

Mas acredito que uma minoria de bons bispos não têm nem nunca tiveram vínculos com essa sujeirada toda.

Fonte: Coturno Noturno.

A petista reuniu 24 lideranças católicas e evangélicas, entre eles o candidato a deputado federal por São Paulo Gabriel Chalita (PSB) e o pastor Manoel Ferreira, coordenador do segmento evangélico da campanha dilmista. Na reunião, a CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) não mandou representante oficial, mas dois padres estiveram presentes.


LAMIM disse...
http://www.youtube.com/watch?v=4cJZZzWysN4



Esse vídeo expressa bem a posição abortista do PT e da Dilma pelo assassinato de milhões de crianças sob o argumento da saúde pública. erá que os petistas vão dizer que não leram os seus próprios documentos?


29 de setembro de 2010 16:40


Anônimo disse...
é, o bicho está pegando... agora já era dona dilma, NÃO adianta voltar atrás, o q foi dito, foi dito... os vídeos estão aí como provas...


29 de setembro de 2010 16:42


Freitas disse...
E esse tal de chalita hein? Este crápula foi eleito vereador em São Paulo pelo PSDB e depois aderiu a zebra Paulo Skaffedeu (PSB). Que ordinário.


29 de setembro de 2010 16:56


Anônimo disse...
PEGA AI CORONÉL LÁ DO BLOG DO NOSSO AMIGO ALUIZIO AMORIM, MAIS UM BISPO DECLARANDO-SE CONTRA O PT DEVIDO AO PARTIDO NÃO DEFENDER A VIDA E A FAMÍLIA.

http://aluizioamorim.blogspot.com/2010/09/extra-mais-um-bispo-catolica-denuncia.html#links

29 de setembro de 2010 17:13


Anônimo disse...
Os padres presentes devem ser da PASTORAL DA TERRA (MST).


29 de setembro de 2010 17:24


Anônimo disse...
Catolicos, não seguem orientação, se assim fosse Collor não ganhava eleição, Maluf estava no quinto dos infernos.
A igreja catolica é esquerdista.
Gabriel Chalita é da mesma corrente que Alckmin, catolico praticante. carola mesmo. apoia Dilma.
Agora quem segue orientação é evangelico.
Edir Macedo, a maior igreja evangelica saiu em defesa de Dilma e, esta pedindo votos a ela, no seu Blog.
Hoje, até domingo todos os fieis tem uma missão que é conseguir votos pra Dilma.
Pessoas que não iam votar na Dilma, mas depois da orientação da unversal.vão votar em Dilma.
O tiro saiu pela culatra.


29 de setembro de 2010 17:43


Anônimo disse...
A Igreja Católica precisa realmente ficar esperta, caso contrário o PNDH3 vai fechar o acesso a esta religião, como a todas as outras. Quem é a representante do PNDH3 nestas eleições? DILMA!


29 de setembro de 2010 17:45


Anônimo disse...
O Gabriel Chalita esta com Dilma, portando é um deles!!!


29 de setembro de 2010 17:49

Edir Macedo afirma que é favor do aborto

Fonte: Cristão na Rede.

01/09/2010


“Adoro falar sobre aborto, planejamento familiar. Não é pra contrariar a Igreja Católica, mas pra ajudar as pessoas…” assim fala no vídeo o Bispo Edir Macedo, líder máximo da Igreja Universal do Reino de Deus, tocando em um assunto delicado no Brasil.


Segundo a Wikipédia um aborto ou interrupção da gravidez é a remoção ou expulsão prematura de um embrião ou feto do útero, resultando na sua morte ou sendo por esta causada. Isto pode ocorrer de forma espontânea ou artificial, provocando-se o fim da gestação, e conseqüentemente o fim da vida do feto, mediante técnicas médicas, cirúrgicas entre outras.


No Brasil o aborto é tipificado como crime contra a vida pelo Código Penal Brasileiro, prevendo detenção de 1 a 10 anos, de acordo com a situação.


O artigo 128 do Código Penal dispõe que não se pune o crime de aborto nas seguintes hipóteses: Quando não há outro meio para salvar a vida da mãe; Quando a gravidez resulta de estupro.


Em ano de Eleição, a polêmica do aborto e casamento homossexual também gera promessas de candidatos aos cristãos, como no caso de Dilma Rousseff que escreveu uma “Carta aberta ao povo de Deus” onde empurra para o Congresso Nacional a responsabilidade sobre estas questões.


“Se o homem gerar cem filhos, e viver muitos anos, e os dias dos seus anos forem muitos, e se a sua alma não se fartar do bem, e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é melhor do que ele.” Eclesiastes 6:3, embasado neste versículo o Bispo Macedo fala sobre seu apoio ao aborto, e diz ser o aborto uma questão de inteligência, de razão e não de fé.


“Eu sou a favor do aborto sim, e digo isso em alto e bom som, e se eu estou pecando, eu cometo este pecado consciente, si!” diz o Bispo.


No vídeo, Bispo Macedo fala sobre sua opinião e em momento algum fala sobre seu apoio ao aborto como sendo regra da Igreja Universal e de seus membros.

Candidatos ao Senado pelo Rio apelam para o vale-tudo: de e-mails apócrifos a ataques na TV

Eles devem estar muito necessitados.

Fonte: O Globo.

Cássio Bruno


RIO - O vale-tudo entre os candidatos do Rio em busca de votos para as duas vagas no Senado toma conta das ruas e do horário eleitoral. Para atrair o eleitor na última semana de campanha, eles recorrem desde o envio de mensagens para o celular até beijos na mão do presidente Lula, em rede nacional. A disputa inclui a distribuição de e-mails apócrifos contra adversários, depoimentos de aliados de outros estados e a divulgação de certidões negativas, que comprovariam a idoneidade da vida pregressa, reforçando a tese de ser ficha-limpa.


O PMDB de Jorge Picciani, quarto lugar nas pesquisas, faz propaganda na TV contra Marcelo Crivella (PRB), tecnicamente empatado na liderança com Lindberg Farias (PT), aliado de Picciani - que apoia as inserções do partido contra Crivella. Os vídeos mostram que o senador, a cada eleição, se candidata a algum cargo, como, em 2006, a governador, e, 2008, a prefeito.




Peemedebista busca votos de católicos


Nos bastidores, a estratégia de Picciani é conquistar o voto útil contra Crivella, que tem o apoio da Igreja Universal do Reino de Deus. Segundo aliados, o peemedebista quer a simpatia dos católicos. Para isso, o presidente licenciado da Assembleia Legislativa (Alerj) tem a ajuda do senador Francisco Dornelles (PP). Picciani, porém, diz apostar nos indecisos:


- Os indecisos vão escolher (candidatos) nos últimos três dias de campanha ou até no dia da eleição.


No fogo cruzado, surgiu um movimento na internet contra Crivella, o "Xô Crivella". O texto diz que ele é "sobrinho de Edir Macedo, chefão da Universal". O e-mail relembra o episódio em que um bispo da igreja chuta a imagem de Nossa Senhora Aparecida, em 1995. Além disso, há denúncias de supostos desvios de dinheiro de doações de fiéis. O material inclui links para o YouTube. Marcelo Crivella não comentou os e-mails.


Em seu site de campanha, Crivella se apresenta como candidato ficha-limpa e exibe um "nada consta" do Supremo Tribunal Federal. Ao lado, Lula aparece em vídeo pedindo votos.


Lindberg também tem a benção de Lula, mas de forma mais carinhosa. Ele beija a mão do presidente no programa de TV. Lula diz que o petista "é uma pessoa extraordinária" e "motivo de muito orgulho".


- Foi espontâneo. Tenho mania, por ser nordestino, de beijar as mãos das pessoas. Minha relação com Lula vem de muito tempo - justificou Lindberg, que já tirou o vídeo do ar.


Nesta segunda-feira, fiscais da 148ª Zona Eleitoral (Magé) apreenderam um trio elétrico que, com Lindberg no alto, puxava uma carreata em Piabetá. A fiscalização da propaganda do município recebeu a denúncia de que o trânsito estava interrompido.

Cesar Maia (DEM), terceiro lugar nas pesquisas, usa a tática das mensagens para celular, como Lindberg. Os torpedos pedem votos e falam sobre as agendas. Numa delas, membros da campanha avisam: "Cesar Maia precisa muito da sua ajuda. Fale pessoalmente, ligue ou envie um e-mail pedindo o voto de amigos". Maia e Lindberg não informaram como conseguiram os números de telefone. Maia mostra ainda, no programa eleitoral, os apoios do escritor Paulo Coelho e Caetano Veloso.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

MPE contesta a candidatura de Collor ao governo de Alagoas

Collor aprontando de novo.

Fonte: O Globo.

Publicada em 28/09/2010 às 17h08m
Chico de Góis, enviado especial


MACEIÓ - O Ministério Público Eleitoral em Alagoas pediu a cassação da candidatura de Fernando Collor (PTB) ao governo do estado por abuso de poder econômico e utilização indevida de meio de comunicação a seu favor. A ação é fundada em inquérito civil público que foi instaurado para investigar a diferença entre os resultados de duas pesquisas divulgadas em 24 de agosto: uma do instituto Gape (Gazeta Pesquisa), vinculado às Organizações Arnon de Mello, da família de Collor, e outra do Ibope.


Enquanto o levantamento do Ibope mostra uma situação de empate entre os três principais candidatos - Ronaldo Lessa (PDT) 29%, Collor 28% e Teotônio Vilela (PSDB) 24% - o Gape coloca Collor à frente dos outros, com 38% das intenções de voto contra 23% de Lessa e 16% de Teotônio Vilela.


O resultado foi publicado no jornal Gazeta de Alagoas, também de propriedade da família do candidato. O MPE abriu uma investigação e descobriu que houve fraude na escolha da amostra para beneficiar o petebista.

Falha deixa o sistema de passaportes da PF fora do ar em todo o país

É pra dificultar a saída de dissidentes políticos?

Fonte: O Globo.

SÃO PAULO - Uma falha deixa fora do ar o sistema de passaportes da Polícia Federal há três dias em todo o país. Quem precisa dar entrada em pedido de passaporte ou pegar o documento não consegue. É preciso reagendar. Os problemas teriam começado no último sábado. O prazo dado pelo departamento de tecnologia da PF para solucionar o problema é 18 horas desta terça.


No posto do Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim, no Rio, são feitos entre 350 e 400 atendimentos por dia. Quem foi ao local nesta terça não vai precisar entrar de novo na internet para agendar de novo. A nova data de atendimento está sendo marcada diretamente no balcão.


A PF informou que casos de emergência estão sendo atendidos, apesar de o sistema estar fora do ar. Porém, o atendimento é mais demorado. A superintendência em Brasília informou que o site passou por manutenção na tarde desta segunda-feira, por volta das 16h30m, mas que o serviço demorou mais que o necessário.


Em São Paulo, onde são emitidos diariamente 1.000 passaportes por dia, muita gente saiu frustrada. Eliane Marques foi à PF com o marido e dois filhos.


- Viemos retirar mas disseram que está sem sistema e que não há prazo para voltar. É ruim, porque a gente vem com todo mundo, os filhos faltam a escola e a gente sai daqui sem os passaportes - lamenta.


No Rio, segundo reportagem do Extra, a espera por um passaporte é de quase três meses . Em uma simulação feita no site da Polícia Federal no dia 21 deste mês, a data mais próxima para atendimento era 13 de dezembro, nos postos dos shoppings Leblon e RioSul. Na unidade do Aeroporto Internacional do Galeão, não há mais vagas neste ano.


Segundo a PF de Brasília, a carência de funcionários no Rio pode ser um dos motivos do "apagão do passaporte". O órgão afirmou, porém, que não pode responder por uma unidade independente. A PF do Rio não atendeu à solicitação.


A demora também pode ser atribuída ao crescimento no número de pedidos. No primeiro semestre do ano, 753.333 passaportes foram emitidos, contra 543.188 no mesmo período de 2009. Até o fim de 2010, a instituição estima que 1,6 milhão de documentos serão concedidos - 40% a mais do que em 2009 (1,1 milhão de emissões).


Se a viagem é para os Estados Unidos e o passageiro ainda não tem visto, a situação é bem pior. O prazo para agendar a entrevista no consulado é de, no mínimo, três meses. Assim, a espera para pisar na terra do Tio Sam chega a seis meses, pois, para obter o visto, é preciso levar o passaporte.


Apesar da burocracia, quem embarca tem gastado mais no exterior. Segundo o Banco Central, de janeiro a agosto deste ano, foram US$ 9,888 bilhões, contra US$ 6,414 bilhões em igual período de 2009.


Para o presidente da Agência Brasileira de Viagens (Abav), Carlos Alberto Ferreira, o turismo só não cresceu mais por conta da lentidão para a retirada de documentos:


- Aumentou em 20% o número de brasileiros viajando para o exterior. Mas o movimento poderia ter sido superior, se não houvesse essa barreira burocrática.


A situação deixa até os agentes de viagens pessimistas.


- Quem não tem visto nem passaporte pode desistir de viajar este ano - disse Edvaldo Leite, da agência Rio Express.


Outro agente afirmou que é até possível conseguir o passaporte em uma semana, mas será preciso pagar de R$ 500 a mil reais a um despachante.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"Arerê, eu não aguento mais FHC..."

Eu ia todo dia ao centro do Rio entre 1995 e 1999, quando era soldado num quartel da Aeronáutica. De modo que ficava sabendo de um monte de protestos populares que aconteciam no Centro, naquela área da cidade pródiga em protestos e passeatas.

Lembro de um protesto em particular, não lembro o motivo, mas um dos alvos do protesto era o então presidente Fernando Henrique Cardoso. Obviamente à boca pequena, um outro soldado me contou ter ouvido a música que cantavam no protesto. Era um axé xexelento, que dizia assim:

Arerê, eu não aguento mais FHC

É óbvio que os manifestantes estavam parodiando aquele sucesso-chiclete da Grupo Eva da já onipresente Ivete Sangalo, cujo refrão era:

Arerê, um love love love com você

As forças progressistas deste país, como partidos de esquerda, sindicatos, movimentos sociais e outros se acham tão avançados... Mas sempre usaram os mesmos métodos e recursos reacionários da direita e do Partido da Imprensa Golpista, bem antes de Paulo Henrique Amorim inventar o termo.

E um desses recursos é exatamente a Música de Cabresto Brasileira, da qual a dita axé music é um dos segmentos. Todas essas músicas de cabresto jamais seriam o que são sem o apoio das elites de direita, sem a mídia golpista e sem jabá.

Eu acompanhei vários protestos nos últimos anos, e fui pessoalmente a alguns, desde manifestações sindicais à recente megapasseata da Av. Rio Branco pelos royalties do petróleo para o Rio de Janeiro. As paródias de sucessos da Música de Cabresto Brasileira estão rareando.

Melhor assim.

domingo, 26 de setembro de 2010

Crivella não quer ser senador!

Fãs de Bon Jovi criam abaixo-assinado contra Fresno na abertura dos shows no Brasil

Nem deveriam ter começado. Pra fazer a abertura de uma banda ridícula como o Bon Jovi, nada melhor que uma outra banda ridícula. Eles que aguentem.

Fonte: O Globo.

RIO - A escolha do Fresno como banda de abertura dos esperadíssimos shows do Bon Jovi - dia 6 de outubro em São Paulo, e dia 8 de outubro no Rio de Janeiro - gerou milhares de comentários indignados na internet. Na comunidade "Bon Jovi - Brasil", do Orkut, os internautas lançaram a campanha "Assista ao show (do Fresno) de costas". Até o momento, 800 membros estão a favor da atitude.


"Vou assistir ao show do Fresno de costas, pode contar comigo!!!", disse Pedro, um dos participantes.


Já na comunidade "Bon Jovi", cerca de 200 comentários foram publicados desde que a produtora Time for fun confirmou a notícia, esclarecendo que a própria banda americana foi a responsável pela escolha do Fresno.


"Deus me livre de ser o Fresno! Nunca quis ver um show desses caras e espero não ser obrigada! Não tem banda brasileira (conhecida, pelo menos) que faça um som com um estilo parecido. Lembro que em 1995 houve um boato que o Firehouse abriria, seria muito legal (na minha opinião). Se for pra ser uma banda nada a ver, prefiro sem abertura mesmo", disse a internauta identificada como Lana.


Além disso, um abaixo-assinado foi criado para cancelar o show de abertura. Até o fechamento desta matéria, mais de 100 pessoas já tinham aderido.

"Sei que seremos vaiados, mas não estamos nem aí, pois estaremos com fone" , disse Lucas, vocalista da banda Fresno, ao site Ego , nesta sexta-feira.

sábado, 25 de setembro de 2010

Sobre mídia, esquerda e direita

Fonte: Comunidade Rio de Janeiro - RJ:

Mestre Remill

O bipolarismo das discussão direita-esquerda está cegando completamente a visão do problema, dos dois lados.


Por um lado, temos um governo que, convenhamos, não tem um histórico como "defensores da democracia". Há não muito tempo, defendiam a ditadura do proletariado e, mesmo com um dicurso diferente hoje, ainda mantém BOAS relações suspeitas com organizações esquerdopatas e governos ditatoriais.


Por outro, temos uma imprensa de direita, de grande poder centralizado, golpista, que TODA maldita eleição usa de sua força para atacar aqueles que "ameaçam" seu candidato.


Mexer na estrutura da imprensa é extremamente necessário, pois sim, ela tem liberdades DEMAIS. Confunde-se liberdade de imprensa com libertinagem midiática. Quando Lula diz que jornais são "partidos", não está exagerando. Vale do Globo a Carta Capital, passando pelo grupo Abril.


Porém, a forma de se fazer isso é simplesmente DESCENTRALIZANDO as grandes mídias e incentivando a produção jornalistica livre.


Acusam o Lula de querer "censurar" a imprensa. Ora, Serra e o PSDB também é adepto de uma bela sujeira quando falam dele, basta lembrar da jornalista demitida da TV Cultura por perguntar o que ele nao estava afim de responder.


Não foi o Lula que proibiu o CQC de fazer perguntas no planalto, nem foi ele que assinou a lei que por pouco proibiu os comediantes de fazer piada com políticos.

O risco está em toda a ala podre do PT, do PSDB, do PMDB, do DEM....


Acordem e fujam dessa bipolarização irracional. Os inimigos estão no poder sim, mas andam em bando. De um pouco mais de 500 ladrões, eleitos cegamente de 4 em 4 anos.

Beth Faria Souza

Depois do que foi dito pelo Mestre com muita propriedade... tenho a acrescentar...


Nosso povo é manipulável? Por que será?


Nos falta educação básica de qualidade e igual para todos sem distinção... o dia que isso acontecer, podem dizer o que quiserem e onde quiserem, pois as pessoas vão refletir e tomar decisões por suas próprias cabeças... e após uma análise crítica e criteriosa do que lêem ou escutam...


Somando ao que foi dito acima, a educação em nosso país foi sucateada de vez nos últimos 20 anos... interesse das duas partes, direita-esquerda, fizeram deste país um campo fértil para disseminarem a bipolarização irracional... vejam como vocês ficam debatendo como se um lado tivesse menos culpa que outro nessa desgraceira toda...


Acordem, vocês estão fazendo o jogo deles! Figurando o teatro deles, estão sustentando o circo armado...

Um governo progressista e popular unido com a direita fisiológica

Os amigos leitores progressistas andam encantados demais com essa dupla Lula e Dilma. Mas o amigo Alexandre Figueiredo (de O Kylocyclo) tem denunciado as péssimas políticas direitistas do PMDB, um partido dominado hoje pela mais fisiológica direita deste país. Direita que deixa demos e tucanos tomados por inveja ("Por quê não pensamos nisso antes?").

Eu sou bem cri-cri, mas devo admitir méritos nas correntes políticas que não gosto. DEM e PSDB têm o mérito de ficar de fora dos governos Lula e Dilma. Ninguém imagina alguém importante desses partidos vendendo a alma pra participar do Governo. Ao mesmo tempo, ninguém imagina alguém dos partidos governistas mais à esquerda (PT, PDT, PC do B, PSB) se vendendo para participar do governo Serra, que de qualquer maneira não existirá, mesmo.

O PMDB, não. Desde o fim do regime militar, o partido faz de tudo para participar de todos os governos. Não se pode conceber um partido político que participe de todos os governos, ainda que o titular da Presidência não seja seu filiado. Isso é uma excrescência que só pode haver neste País de Tolos.

Outros partidos da direita fisiológica (PP, PR, PRB, PSC e outros) também se vendem para participar de qualquer Governo. É a mesma coisa que o PMDB faz, só que em escala bem menor, proporcional ao tamanho desses partidos.

Os amigos progressistas que acompanham este blog precisam entender que não posso ver possibilidade de integralidade e decência em um governo progressista e popular unido com a direita fisiológica. Um governo que junta desde figuras da ultra esquerda (tipo José Dirceu e Marco Aurélio Garcia) a raposas velhas (ou jovens precocemente envelhecidos, tipo Eduardo Paes) do PMDB e desses outros partidos fisiológicos.

Como esperam eleger um governo realmente progressista e uma bancada parlamentar de esquerda coligados formalmente com essa gentalha?

Mensagens subliminares do Extra

Não gostaram, chapas brancas? Então botem o monitor de cabeça para baixo e vejam esta capa de ontem do Extra por outro ângulo.

P.S: Comentários incorporados ao corpo da postagem:

zcarlos disse...


Olá Marcelo, faz tempo que não nos comunicamos.
Ando sem muito tempo.
Agora, diga-me sinceramente: existe ou não liberdade de imprensa?
Penso que os donos da imprensa reclamam mais é da liberdade da empresa, e não da imprensa propriamente dita; quanto a isso eles não estão nem aí.
O que importa é garantir os contratos milionários de publicidade e de assinaturas com que o tucanato "compra" o "GAFE" - (Globo, Abril, Folha, Estadão).
O que considero o cúmulo do absurdo é constatar como essas "famiglias" que dominam os veículos de comunicação, terem a desfaçatez de argumentar que a liberdade de imprensa está em perigo!
O que corre perigo sim é o monopólio e a concentração de veículos nas mãos de poucos.
Como radialista vc deve sentir isso na carne, não é mesmo?
E, por favor Marcelo, isso não é mensagem subliminar. A mensagem é clara: as organizações globo admitem que consideram as eleições como um jogo; e sujo, conforme as deliberações do Instituto Millenium.
Conheço um pouco das suas posições políticas. Considero-o inteligente e capaz de um bom debate de ideias. Razão pela qual comento em seu blog e respondo seus comentários no meu.
Agora diga-me sinceramente, vc acredita que esse grupo "GAFE" é jornalismo?
Abs!


25 de setembro de 2010 03:02

Marcelo Delfino disse...

Agradeço pela deferência, Zé Carlos. Este grande texto é uma prova disso, creio eu.

Você já respondeu a pergunta. O que a grande imprensa cobra é liberdade de empresa, não liberdade de imprensa.

Liberdade de imprensa é quando os veículos de comunicação permitem que seus profissionais (mesmo o grupo GAFE tem muitos excelentes profissionais que merecem prestígio) façam apuração e comentários de notícias baseados nas mais elementares regras do bom jornalismo. Mostrar os fatos tais como são, não como gostaríamos que fossem.

Só que toda boa informação apurada pelos profissionais desses veículos é barrada pelo filtro empresarial (mais até que o filtro ideológico) dos patrões.

O que o GAFE faz é panfletagem. Não jornalismo.

No que diz respeito ao tucanato patrocinar o GAFE, isso é uma realidade hoje restrita a estados como o seu (bye bye, Yeda Cruzes!) e São Paulo. Pelo país afora, a grande imprensa faz birra e tudo, mas está vendida para o Governo Federal e seus aliados estaduais, como o governo Sérgio Cabral Filho no Rio de Janeiro. Vide o massacre contra os adversários políticos do governador, como Anthony Garotinho, Cesar Maia e Marcelo Crivella.

Aviso que o blog tem um tom irônico na maioria das postagens. O texto desta aqui é um exemplo. Mas há verdades contidas neles. Você mesmo achou uma mensagem subliminar na capa do Extra. Cada um pode achar uma outra mensagem.

Por fim, aviso que não sou radialista. Lá embaixo no blog informo o que faço, lá no quadro "Quem sou eu".

25 de setembro de 2010 09:02

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Histórias do Engenhão

Resposta para a comunidade Rio de Janeiro - RJ:

Se eu fosse escrever todas as histórias que já ouvi desse estádio, daria um tópico inteiro.

Policiamento só existe em dia de jogo.

O poder público só faz obras pra resolver os problemas de quem vai ou sai do estádio. Pros habitantes locais, problemas. Agora mesmo um montão de proprietários de imóveis da Rua da Abolição e arredores tiveram os imóveis desapropriados para construírem o viaduto de saída do estádio que terá uma alça para a Abolição e outra para a Linha Amarela sentido Barra.

E parece que virão mais desapropriações por aí, para criarem mais uma pista de rolamento na Rua das Oficinas e na Rua José dos Reis junto ao quarteirão onde fica o estádio.

Moradores da Rua Guineza dizem que a Cedae desvia água das casas para o estádio, em vésperas de jogos.

Aquela passarela sobre a Rua Arquias Cordeiro só serve de acesso da estação de trem para o estádio. Para a Av. Amaro Cavalcante, construíram uma escada mandrake onde idosos, obesos e portadores de deficiência física não tem vez.

Os galpões ferroviários onde construiriam o Centro Esportivo continuam lá, largados.

Até o sinal de TV piorou depois que construíram o estádio, que faz uma espécie de sombra na região.

Não posso dizer que só houve prejuízos para a região. A área se valorizou. O que tem de imobiliária botando anúncios nas caixas de correio propondo comprar os imóveis é uma grandeza. E o próprio preço dos imóveis aumentou. Pudera: com Engenhão, Linha Amarela, estação de trem e Norte Shopping nos arredores...

Por fim, acredito que parte do povo que reclama que o estádio não tem estrutura externa (transporte, segurança, etc) está é com preguiça de sair de casa. Ainda mais nesta era de PFC, coisa que não havia no tempo em que faziam Fla-Flu até em Ítalo Del Cima.

Sem contar que botafoguenses e tricolores (e mesmo uma parcela de flamenguistas) já são torcedores modinha, mesmo. Aí fica difícil.

Lula no Oscar: agora, ou vai ou racha (2)


Resposta para Planeta Laranja:

Pois é, xará. Não é a primeira vez e nem a última vez que fazem marmelada com essa indicação brasileira para o Oscar. Preferiram o filme do Lula ao invés de algo melhor, como Chico Xavier. E deixaram de enviar o primeiro Tropa de Elite (que NÃO tem o selo Globo Filmes, ao contrário do Tropa 2) e enviaram O Ano em que meus pais saíram de férias, que tem o selinho global.

Este comentário está sendo publicado apenas aqui, porque você ainda não me incluiu como membro do seu blog.

O empate maroto do STF

Putizgrila! O País de Tolos inteiro aguardando a decisão final do Supremo Tribunal Federal a respeito da Lei da Ficha Limpa (se é constitucional ou não, se vale para esta eleição de 2010 ou não) e os doutos em leis conseguem empatar em 5 a 5 no mesmo assunto?

Quanto ganha um ministro do STF? Eu devo trabalhar uns três anos catando larvas de mosquito pra ganhar o que uma dessas estrelas da TV Justiça ganham em apenas um mês gastando quilos de papéis e litros de saliva, usurpando funções do Poder Legislativo e ignorando a sociedade que lhes pagam os salários de marajá.

Os doutos do STF não decidirão essa pendenga antes da eleição. Os fichas sujas agradecem.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Lula no Oscar: agora, ou vai ou racha

Se Lula pedir uma ajudinha aos seus companhêro do Partido Democrata (a Academia está infestada deles), a Copa do Mundo, digo, a estatueta está no papo.

Fonte: Último Segundo.

"Lula, O Filho do Brasil" vai representar o Brasil no Oscar 2011


Longa disputará vaga entre os cinco indicados a melhor filme estrangeiro


iG São Paulo | 23/09/2010 12:32


O longa-metragem "Lula - O Filho do Brasil" foi anunciado nesta quinta-feira (23), na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, como representante do Brasil na corrida por uma vaga na categoria de filme estrangeiro da próxima edição do Oscar, a maior festa do cinema norte-americano.


O representante brasileiro foi escolhido por uma comissão formada por nove especialistas, indicados pelo Ministério da Cultura e pela Academia Brasileira de Cinema. No total, 23 filmes se inscreveram em busca da vaga.


"Lula - O Filho do Brasil" foi dirigido por Fábio Barreto, que já concorreu ao Oscar de filme estrangeiro em 1996 com "O Quatrilho". Lançado em janeiro deste ano, conta a história do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva.


Barreto sofreu um grave acidente automobilístico no final do ano passado, pouco antes do lançamento do filme. Ele dirigia, quando capotou várias vezes, na saída do Túnel Velho, em Botafogo. O carro despencou de uma altura de quatro metros e o diretor sofreu traumatismo craniano. Ele recebeu alta em maio deste ano para continuar o tratamento em casa, mas continua em coma.


O presidente da Academia Brasileira de Cinema, Roberto Farias, já havia afirmado que o critério para eleger o brasileiro no Oscar não seria qualidade ou bilheteria, mas sim a "cara" de Oscar.


"Qualquer filme que fosse mandado para lá teria qualidades para concorrer. Outra coisa é analisar quais são os filmes brasileiros escolhidos nos outros anos, com que frequência determinados filmes são vencedores, qual é o tema, qual deles teria mais condições do que o eleito no ano anterior. São muitas variáveis", explicou.


A comissão foi composta por Cássio Starling Carlos, Clélia Bessa, Elisa Tolomelli, Frederico Hermann Barbosa Maia, Jean Claude Bernardet, Leon Cakoff, Tata Amaral, Mariza Leão e o próprio Roberto Farias.


Segundo Farias, "Lula - o Filho do Brasil" foi escolhido por unanimidade pela Comissão. Ele afirmou que o filme "parece ser o mais indicado por mostrar a história de centenas de milhares de brasileiros, não apenas do presidente". "Outro critério é que Lula é uma personalidade não apenas no Brasil, mas também lá fora", completou.


Marisa Leão, membro da comissão, negou que a escolha de "Lula - O Filho do Brasil" seja política. "Nosso partido é o cinema brasileiro", declarou.


O filme escolhido para representar o Brasil no Oscar 2011 vai disputar com outros de mais de 95 países a chance de estar entre os cinco finalistas na categoria de melhor filme em língua estrangeira. A lista dos indicados será divulgada no dia 25 de janeiro. A cerimônia de premiação, por sua vez, acontece em 27 de fevereiro, no Kodak Theatre, em Los Angeles.


Em toda a história, apenas quatro filmes foram indicados ao Oscar de filme estrangeiro, e nenhum deles venceu: "O Pagador de Promessas" (1963), "O Quatrilho" (1996), "O Que É Isso, Companheiro?" (1998) e "Central do Brasil" (1999).


"Cidade de Deus" não conseguiu uma vaga entre os indicados a filme estrangeiro em 2003, mas no ano seguinte concorreu a quatro estatuetas: direção, roteiro adaptado, fotografia e montagem.


Nos últimos anos, os escolhidos pelo Brasil para disputar uma indicação foram "Salve Geral" (2010), "Última Parada 174" (2009), "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias" (2008), "Cinema, Aspirinas e Urubus" (2007) e "2 Filhos de Francisco" (2006).


Em eleição realizada pelo Ministério da Cultura, o favorito do público foi "Nosso Lar". A produção teve 70% dos votos, seguida de "Chico Xavier" (12%), "Os Famosos e os Duendes da Morte" (8%), "O Grão" (2%) e "Antes que o Mundo Acabe" (2%).

terça-feira, 21 de setembro de 2010

O Votocard de Sérgio Cabral Filho


Fonte: Terra.

RJ: Jefferson Moura acusa Cabral de criar o "Votocard"

21 de setembro de 2010 • 09h24 • atualizado às 09h48

Direto do Rio de Janeiro

Uma das polêmicas do debate promovido pela
Rede Record, nesta segunda-feira (20), entre os candidatos ao governo do Rio de Janeiro foi o "Votocard". Jefferson Moura (Psol) acusou o candidato à reeleição, Sérgio Cabral (PMDB), de enviar para a casa dos eleitores, pelo correio, o "Votocard", uma réplica de cartão de crédito com os números de algumas candidaturas, que, segundo ele, induz as pessoas a pensarem que o voto pode ser comprado.

"Esse cartão passa a ideia para os eleitores de que os votos têm preço. É uma lógica que induz o eleitor a essa conclusão. Isso chegou na casa da minha sogra, de 81 anos de idade, com o nome dela impresso, enviado pelo PMDB do Sérgio Cabral", afirmou Jefferson.

Ainda de acordo com o candidato do Psol, a tiragem de réplicas do cartão é de 80 mil. No cartão apresentado por ele aos jornalistas presentes no debate, constava o nome da sogra, Creusa de Abreu Costa. Na parte traseira do cartão está a seguinte mensagem: "esta é a ordem de votação. Use o seu crédito e cobre depois o resultado". Os nome e os números dos seguintes candidatos constam no cartão: Fabio Silva (deputado estadual); Eduardo (deputado federal); Jorge Picciani (senador); Sérgio Cabral (governador) e
Dilma Rousseff (presidente).

Sérgio Cabral negou qualquer envolvimento da sua campanha na impressão do "Votocard". "Não fui eu que produzi. Não fui eu mesmo. Nós não precisamos disso. Fui o deputado e o governador mais votado do Rio de Janeiro", defendeu-se.

Nesta terça-feira (21), Jefferson Moura prometeu entrar com uma representação no
Tribunal Regional Eleitoral para que o caso seja investigado pela Justiça Eleitoral. No cartão há um número de CNPJ: 12.170.567-0001-95.

Otário Eleitoral Gratuito (13)


Missionário Sargento Isidoro, do PSC-BA. Liderou greves de policiais militares da Bahia, foi eleito deputado estadual e defendeu a redução do preço do botijão de gás.

Mas não precisava carregar um na campanha, não é mesmo?

Verdade chinesa


O Partido Comunista da China está há anos no poder. Tem sido responsável por uma série de avanços sociais, mas jamais conseguiu acabar com a pobreza no país. Pelo contrário: os pobres e miseráveis continuam tão pobres e miseráveis como os de décadas anteriores.

Ninguém nega que o governo comunista combata de fato a corrupção. Na China, corruptos costumam ser imediatamente afastados dos postos de comando, e não raramente, são condenados à morte.

Na verdade, a população está cagando e andando pra corrupção no país. Além disso, tem dois excelentes motivos para não quererem contestar os longos anos de domínio do Partido Comunista Chinês.

O primeiro é que costumam dar sumiço na menor voz de discordância. Ninguém nunca mais ouviu falar do tal sujeito que perfilou sozinho diante de uma coluna de tanques do Exército na Praça da Paz Celestial. Só lembram dele através de imagens de arquivo.

O segundo é que a população chinesa está preocupada demais com coisinhas mais importantes do que trocar um partido por outro. Está mais preocupada com a última TV de alta definição, o novo iPad, o novo iPod, o novo Não Phod, mesmo que sejam piratas. Mesmo que eles toquem as mesmas musiquinhas chatinhas e popularescas de sempre.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

IncomPTncia


Obra importantíssima para o Brasil, que era pra acabar em 2008, AINDA NÃO ACABOU. Uma mera duplicação de 250 km de estrada se arrasta há 5 anos! Prometem acabar no final de 2010, mas tem especialistas no vídeo mostrando que é impossível acabar esse ano.



Fonte: Comunidade Rio de Janeiro - RJ.

domingo, 19 de setembro de 2010

Sua candidatura deu pau? Restart!

Revelações interessantes no Fatos e Versões

Especialmente no quadro Cafezinho.

Imagem do inferno


Parece também uma imagem do filme Os Intocáveis, como disse Ricardo Gama:

Essa foto é enigmática, Sérgio Cabral beija a mãe (sic) de Dilma Rousseff, e atrás o Pezão olha atentamente e vidrado.

Parece até uma cena do filma
(sic) os Intocáveis.

Sinceramente, a foto até assusta.

Contra toda censura

Resposta para O Kylocyclo:

Sou contra que se cale qualquer órgão de imprensa. Mesmo um órgão direitista ou alguma dessas publicações esquerdistas (Carta Capital, Caros Amigos, etc) que fazem bobagens como comparar a música popularesca com a Revolta de Canudos, algo abordado neste blog quase diariamente.

Que cada um possa falar e escrever o que der na telha. Seja coisas inteligentes ou bogabens. Depois que cada um se responsabilize pelo que diz.

Video Cassetadas televisivas

Diretamente de Portugal. Ai Jesus!

sábado, 18 de setembro de 2010

Quem será o censor da Globo?


Se for adiante aquilo que a oposição diz (só a de direita, não o PSOL & cia) que é projeto do Governo censurar a imprensa, já fico imaginando a briga que a petralhada e aliados promoverão para ocupar os melhores cargos. Alguns deles: censor da Sujíssima Veja, censor da Folha "Ditabranda" de São Paulo, censor do Estadão e censor da RBS.

O cargo mais disputado será, indiscutivelmente, o de censor da Rede Globo. O censor será encarregado de colar no Carlos Henrique Schroder, no William Bonner, na Fátima Bernardes, no William Waack e na Christiane Pelajo, e ler tudo o que eles preparam para os telejornais da emissora, como o Bom Dia Brasil, o Jornal Nacional e o Jornal da Globo. Se encontrar algo errado, ele deve dizer: "Tá muito golpista esse troço aí. Muda essa merda. Faz assim, assim e assado".

Quem será o censor da Rede Globo?

Franklin Martins?

Eugenio Bucci, ex-presidente da Radiobrás?

Luis Nassif?

Paulo Henrique Amorim, o homem da conversa fiada e das empresas do Bispo Macedo?

Quem tiver mais nomes, pode mandar pelos comentários.

Essa briga será boa. Mas só de acompanhar.

Depois, o vencedor poderá até ser recebido para almoçar na casa da dona Lily Marinho, como já aconteceu com a bichinha palanqueira.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Folha Universal mente para leitores

Estou aqui com uma matéria online da Folha Universal, sobre a Sky. Na matéria Dor de cabeça via satélite, está escrito:

Controlando o jornalismo nos sistemas pagos, a NET e a Sky vetam qualquer tentativa de concorrência nacional – é por isso, por exemplo, que a “Record News” até hoje não entrou na grade de programação das duas operadoras.

Mentira, porque eu assinei a NET em abril e o canal Record News já estava disponível como canal a la carte desde aquela época, e passei a assinar este canal pela própria NET em julho.

Se a turma do pasquim universal quer brigar contra a retirada da MTV da grade da Sky e contra as lambanças que fazem a Sky ocupar a 16ª posição entre as empresas campeãs de reclamações no Procon, podem contar conosco. Mas não podem divulgar mentiras sobre a NET só porque eles são rivais das Organizações Globo, acionistas majoritários da NET e minoritários da Sky.

P.S: Essa mesma matéria da Folha Universal está na versão impressa. Eu encontrei um exemplar da página dessa matéria largado numa rua do bairro da Abolição, na Zona Norte carioca. Ironicamente, é o bairro onde foi fundada a Igreja Universal.

O leitor do pasquim universal deveria ter jogado o jornal no lixo, não na rua. Lugar de lixo é no lixo.

Carlos Minc não educa nem seus cabos eleitorais


Eu acabo de chegar em casa, e encontrei um adesivo de campanha do senhor candidato a deputado estadual Carlos Minc (PT-RJ) colado em frente ao meu relógio de energia, que a dona Light cismou de enfiar no lado de fora da casa.

No adesivo, que tirei e está comigo agora, está escrito: "Com UPP, saúde e educação criança não vira avião" e "Reforma agrária já!".

Só que o senhor Minc não educa seus cabos eleitorais, para não emporcalharem a frente das casas dos outros. Quem é ele para falar de educação?

E emporcalhar a frente da casa dos outros não é uma atitude ecologicamente correta.

Não é à toa que neste ano não darei voto para nenhum petista. Nem para Aníbal do Engenhão, concorrente de Minc por uma cadeira na Alerj. Na eleição de 2008, Aníbal teve 2612 votos para vereador. Anibal ficou longe de ser eleito, mas seus votos serviram para eleger até um tal de Elton Babu.

Meu voto não servirá para compor a legenda do PT. Nem para compor bancada para apoiar Sérgio Cabral Filho.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O novo pití de José Serra


Fonte: Terra.

Serra se irrita e ameaça deixar entrevista em programa de TV

15 de setembro de 2010 • 14h26 • atualizado às 18h34

Direto de São Paulo

Em gravação do programa Jogo do Poder, da
CNT, o candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, se irritou com perguntas sobre a quebra de sigilos de tucanos e pesquisas e ameaçou deixar a entrevista.

O candidato disse que eles "estavam perdendo tempo falando daqueles assuntos", enquanto podiam dar ênfase aos programas de governo dele. Após a apresentadora Márcia Peltier citar que a quebra de sigilo teria acontecido em 2009, antes do anúncio das candidaturas à presidência, Serra subiu o tom:

- Que antes da candidatura, Márcia? Nós estamos gastando tempo aqui precioso, estamos repetindo os argumentos do
PT, que você sabe que são fajutos, estamos perdendo tempo aqui.

Márcia tentou contemporizar, mas não conseguiu acalmá-lo. "A
candidata do PT virá aqui?", perguntou. Após a afirmativa de Márcia, ele retrucou: "então, pergunta para ela".

"Agora nós vamos falar sobre programas", tentou prosseguir a apresentadora. Neste momento, Serra levantou-se e ameaçou sair do estúdio. Tentando arrumar o fio do microfone, disse: "eu não vou dar essa entrevista, você me desculpa".

Márcia insistiu dizendo que eles falariam de programa de governo, mas ele se manteve firme. "Faz de conta que eu não vim". "Mas porquê, candidato?", disse, ainda sentada. "Porque não tem nada a ver com pergunta, não é um troço sério. (...) Apaga aqui". "O que o senhor quer que apague?", perguntou Márcia. "Apague a TV pra gente conversar".

Márcia pediu que as câmeras fossem desligadas e as luzes do estúdio apagadas, mas Serra continuou falando: "porque isso aqui está parecendo montado". "Montado para quem? Aqui não tem isso", defendeu a jornalista.

O candidato voltou a reclamar da pauta das perguntas - que até então, havia se fixado nos acessos fiscais e sobre as pesquisas. "Me disseram que eu ia falar de política e economia".

Depois de conversar reservadamente com Márcia e o apresentador Alon Feuerwerker, Serra voltou ao estúdio e respondeu a questionamentos sobre economia, saúde e saneamento básico.

Ao final da gravação, Serra foi questionado pelos jornalistas que estavam no local sobre sua irritação. O candidato negou ter se irritado e afirmou que apenas estava "com estômago ruim" porque não tinha tomado café da manhã.

Segundo a assessoria de imprensa da emissora, as perguntas feitas ao candidato sobre os assuntos que o incomodaram serão mantidas na edição que irá ao ar nesta quarta-feira (15), às 22h50. A reportagem do Terra , que se encontrava numa sala vizinha ao estúdio, tem o diálogo gravado.

Receita Federal e programas

Serra destacou suas propostas de governo nas gravações dos blocos seguintes do programa e, sobre a questão da Receita Federal, o candidato disse que pediria a demissão do secretário, Otacílio Cartaxo, e do corregedor-geral da instituição, Antonio Carlos Costa D'Ávila.

"Eu teria demitido o secretário e o corregedor da Receita. Eles são não só os responsáveis como também têm ocultado provas sistematicamente. Eu começaria por aí", afirmou.

Sobre a economia do País, o candidato disse que é necessário que ela cresça de forma sustentável. "Precisa-se criar 20 milhões de empregos para que as pessoas tenham uma situação decente de vida. O
Lula não vai estar mais lá e o desafio é mostrar que é a oposição que está pronta para fazer isso", disse.

O tucano também comentou os programas que pretende expandir de São Paulo para o Brasil nas áreas da saúde e da educação.

De acordo com a assessoria de imprensa do candidato, Serra saiu do estúdio para tomar um remédio por não estar se sentindo bem já desde que chegou à TV. A assessora disse, ainda, que apesar de não haver uma pauta combinada, a apresentação do programa para o tucano foi de que os temas a serem tratados seriam sobre política e economia e, por isso, ele ficou irritado.



Educação esmerada

terça-feira, 14 de setembro de 2010

UPA, UPA, Dilma


Dilma Rousseff continua prometendo instalar em todo o país UPAs (Unidades de Pronto Atendimento em saúde) e UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) seguindo os modelos das UPAs e UPPs instaladas por seu aliado carioca Sérgio Cabral Filho no Rio de Janeiro.

As UPAs têm uma série de problemas, vistos diariamente pela população fluminense. Só servem plenamente para atendimento em pequenas eventualidades, tipo ferimentos no dedão do pé. E sofrem de falta de profissionais de saúde altamente requisitados, como ortopedistas e pediatras.

As UPPs transferiram a criminalidade ostensiva (com exibição de armamento pesado) de comunidades carentes para outros lugares, como Zona Oeste carioca, Baixada Fluminense, Niterói, São Gonçalo e mesmo algumas localidades do interior fluminense. E as UPPs não acabaram totalmente com o tráfico de drogas onde foram instaladas.

Brasileiros de fora do Rio, totalmente alienados da realidade carioca: vocês querem arriscar? Então ponham a bichinha palanqueira na Presidência. Depois não reclamem.

Tiririca no UOL

Em São Paulo, Tiririca lidera corrida por vaga na Câmara dos Deputados

Dá-lhe, pauliceia desvairada!

O problema desse tipo de deputado é que são os primeiros a venderem seus votos para o Governo. Ainda mais fazendo parte de partidos fisiológicos.

Fonte: O Globo.

Juliana Castro

RIO - Maior colégio eleitoral do Brasil, São Paulo pode dar ao candidato Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido como
Tiririca, a honra de ser o deputado federal mais votado do estado. De acordo com a assessoria do Ibope, uma pesquisa do instituto mostra que o intérprete da música "Florentina" aparece em primeiro lugar na preferência do eleitorado paulista entre todos os candidatos que brigam por uma vaga na Câmara dos Deputados.

Tiririca é candidato pelo
PR, na coligação "Juntos por São Paulo". Em seu registro no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), informou não ter nenhum bem declarado. Na aparição durante o horário eleitoral gratuito, Tiririca diz que quer ajudar os mais necessitados, inclusive sua família.

Em outra propaganda, o cantor se pergunta: "O que é que faz o deputado federal? Na realidade, eu não sei. Vote em mim que depois eu te conto. Vote no Tiririca, pior do que está não fica".

JB: Quem dá mais?


Quer comprar o recém-falecido Jornal do Brasil? Então, prepare-se: no dia 8 de novembro, a marca será leiloada como resultado de uma decisão da Justiça do Trabalho. O lance inicial é de 3,9 milhões de reais - Quem arrematar leva também centena de milhões de reais em dívidas.

Texto da coluna Radar, por Lauro Jardim (Veja, 15/set/2010), enviado por Waldyr Lage.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Contra quem bate em mulher

Vi há alguns minutos na TV Cultura o candidato a senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) fazer num spot um ataque "a quem bate em mulher", e dizer que pretende apoiar no Senado projetos como a lei Maria da Penha.

Será que o candidato estava atacando um adversário? Será que estava atacando algum pagodeiro da Música de Cabresto Brasileira?

Deixem eu ficar quieto.

Lucia Hippolito: "Debate fraco, candidatos frágeis e troca de acusações"

Eu sei que este áudio tocará por dez dias no blog, mas não posso deixar passar em branco esse magistral comentário de Lucia Hippolito na CBN sobre o debate presidencial de ontem da Rede TV! e da Folha.

Não sobrou um candidato sequer! Bem feito pra eles.

Movimento Salve a Rádio e TV Cultura


www.salvertvcultura.org

Alguns leitores do Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro entraram em contato pedindo que o TRIBUTO apoiasse esse importante movimento da sociedade civil paulista. Mesmo sendo o TRIBUTO um espaço dedicado ao dial carioca, resolvi colocar o TRIBUTO para ajudar o movimento, na medida do possível. O atalho para o movimento foi colocado na seção de páginas e portais recomendados, e logo o Twitter informará a respeito.

Por motivos mais que justos, os três blogs que edito (este aqui, o Preserve o Rádio AM e o Kiss FM 91,9 Rio de Janeiro) ganharam banners do movimento.

É fundamental que toda a sociedade paulista participe desse movimento. E quem for de fora de São Paulo também pode colaborar como puder. Ainda mais se considerarmos que a TV Cultura pega no país todo pelas parabólicas, e está presente em tudo que é sistema de TV por assinatura, seja a cabo, rádio ou via satélite. É repugnante esse movimento de sucateamento que o governo paulista tem feito na rádio e na TV Cultura.

Esquerda só se une na cadeia ou no exílio

A frase é velha. Mas foi o que pensei quando li a manchete abaixo em que aquele jornal da extrema-direita paulista celebra mais uma briga nos arraiais esquerdistas.

Fonte: Folha.

Plínio esnoba encontro da esquerda e irrita adversários

BERNARDO MELLO FRANCO
DE SÃO PAULO

Principal crítico de
Dilma Rousseff (PT) por sua ausência em debates, o presidenciável Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) acaba de virar vidraça pelo mesmo motivo. Ele avisou que não deve participar do encontro dos candidatos de esquerda que será transmitido via internet pelo jornal "Brasil de Fato", no próximo dia 21.

O "bolo" anunciado irritou outros três nanicos que, ao contrário de Plínio, não são convidados para os debates com os favoritos na TV.

"Parece que ele está se sentindo na primeira divisão, né? Logo ele, que vive reclamando por ser excluído pela grande mídia...", ironiza Ivan Pinheiro (
PCB).

Para Rui Costa Pimenta (
PCO), a decisão é sinal de "deslumbramento" e "frouxidão ideológica" do rival. "O PSOL é um partido muito contraditório, com tendência a se aproximar do sistemão. Eles acham que pertencem ao esquema eleitoral, mas é só ilusão", sentencia.

Mais diplomático,
Zé Maria (PSTU) diz que prefere esperar um anúncio oficial, mas não esconde a surpresa com a atitude do oponente. "O Plínio tem criticado tanto a desigualdade do processo eleitoral... Será lamentável se ele não for mesmo."

Os quatro candidatos aparecem nas pesquisas com menos de 1% das intenções de voto. A lei eleitoral só garante Plínio nos debates da TV porque seu partido elegeu deputados em 2006.

AGENDA LOTADA

O PSOL faltou à reunião que definiu o modelo do encontro, na quarta-feira. Segundo a assessoria de Plínio, ele não deve comparecer por problemas de agenda.

O debate do "Brasil de Fato" será o primeiro para políticos que já disputam o Planalto há muito tempo, mas nunca ficaram cara a cara com os adversários.

"Vamos abrir uma brecha na ditadura que se estabeleceu nas eleições", anima-se Pimenta, candidato à Presidência desde 2002.

O jornal "Causa Operária", do PCO, traz na capa atual as fotos dos quatro candidatos, com um ponto de interrogação sobre o rosto de Plínio.

O encontro terá regras rígidas para evitar que a arena pegue fogo, numa competição para ver quem é mais radical. Não haverá sequer perguntas entre candidatos: todos responderão às mesmas questões de um mediador.

"Não queremos alimentar briga ou cizânia na esquerda", justifica Cristiano Navarro, do "Brasil de Fato".

O jornal chamou Dilma Rousseff (PT) e
Marina Silva (PV), mas nem esperou as respostas. José Serra (PSDB), José Maria Eymael (PSDC) e Levy Fidelix (PRTB) não foram convidados por serem considerados "de direita".

domingo, 12 de setembro de 2010

Brizola Neto poupa Folha de São Paulo


Brizola Neto disse que Dilma Rousseff fez bem em não ir apanhar na sabatina de O Globo, mas até agora não criticou Dilma por ter aceito ir ao debate de daqui a pouco, às 21h, na Rede TV!. E olha que esse debate televisivo também é promovido pela famigerada Folha de São Paulo, que consegue ficar à direita d'O Globo.

Pouca gente consegue ficar à direita da Folha. Na mass media, só a Veja.

Botões de compartilhamento foram acrescentados

Depois de vários dias pesquisando como mexer nos códigos deste blog para inserir os tais botões de compartilhamento, finalmente achei a solução. Agora os leitores podem encontrar ao fim de cada postagem deste blog os botões para mandar a postagem por correio eletrônico ou compartilhar por Twitter, por Facebook e outras opções.

Já tinha feito isso no blog Kiss FM 91,9 Rio de Janeiro, mas faltava fazer aqui. Não falta mais.

Eleições 2502

Resposta para Cabral culpa gestões anteriores por queda do númer:

"Não dá pra fazer tudo num mandato só" é desculpa pra quem quer fazer uma dinastia. Foda-se o revezamento de poder.

Igualzinho à dinastia Lula. Pra consertar as cagadas das gestões anteriores (inclusive as dos tucanos e a do lulista Sarney), dizem que dois mandatos não são suficientes, e que precisam de outro "pro Brasil continuar mudando".

E como falam tanto em 500 anos, subtraindo-se os 8 anos de Lula, ficam 492 anos. Dividindo-se pelo tempo de um mandato, então o PT precisará de mais 123 mandatos consecutivos, incluindo esse de 2011-2014. Ao final do último, na eleição de 2502, ainda ficarão com medinho da volta dos tucanos. Ainda que os esqueletos de FHC, Serra e Alckmin já tenham virado pó nas tumbas.

O mesmo raciocínio vale para o lulista Sérgio Cabral Filho.