Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Por Crivella, Lula abandona candidato do PMDB ao Senado no Rio

Lula ainda será canonizado pelo líder da Igreja Universal.

Fonte: Expresso MT.

8/18/2010 - 14:09

O presidente tentou intervir diversas vezes para que Crivella fizesse parte da aliança como candidato ao Senado.

O presidente
Luiz Inácio Lula da Silva abandonou o candidato do PMDB ao Senado no Rio, Jorge Picciani, na primeira série de propagandas na TV, na tarde desta terça-feira, para apoiar a reeleição do senador Marcelo Crivella (PRB).

Lula gravou depoimento apenas para o senador e para
Lindberg Farias (PT), deixando de lado Picciani, que é um dos candidatos da coligação Juntos Pelo Rio, da qual o PT faz parte.

O presidente tentou intervir diversas vezes para que Crivella fizesse parte da aliança como candidato ao Senado. O PMDB, com o apoio do governador
Sérgio Cabral Filho (PMDB), decidiu porém manter a candidatura de Picciani.

Crivella chegou a negociar uma aliança com o
PR, do ex-governador Anthony Garotinho. Mas acabou lançando candidatura sem coligação.

Nos programas de TV desta tarde, foram divulgados depoimentos de Lula apenas nas propagandas de Lindberg e Crivella.

No primeiro caso, o presidente ressaltou "a paixão com que Lindberg defende suas posições". Sobre o senador, afirmou que o bispo licenciado da Igreja Universal foi "um dos parceiros mais fiéis" do governo federal no Senado.

Picciani exibiu, em seu programa, uma imagem rápida do presidente e duas de
Dilma Rousseff, candidata petista à Presidência. Explorou mais a ligação com Cabral, usando expressão como "dobradinha" e parceria" entre os dois na Assembleia Legislativa em legislaturas anteriores e na atual administração.

Lindberg, com quem o governador teve rusgas ao longo da pré-campanha, exibiu depoimento de Cabral, em que ele pede um dos votos ao Senado para o petista.

SERRA

O candidato
tucano à Presidência, José Serra, apareceu apenas na propaganda de Marcelo Cerqueira (PPS), que afirmou ainda ser "o candidato de Marina e Gabeira", ambos do PV, com quem está coligado no Rio. O outro candidato da coligação, Cesar Maia (DEM) não citou o tucano.

No programa do candidato
(Cerqueira), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também aparece pedindo voto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário