Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O fracasso das rádios customizadas

Rádios customizadas são aquelas integralmente patrocinadas por uma empresa que impõe o próprio nome ou uma de suas marcas ou franquias no próprio nome da rádio. O Rio de Janeiro já teve uma há mais de 70 anos, na década de 30, chamada Rádio Philips. A rádio foi fundada pela empresa homônima holandesa, que criou a emissora com o objetivo de estimular a venda de seus novos receptores. Mas a rádio foi estatizada por Getúlio Vargas, que queria fazer dela veículo de propaganda oficial do Governo. O nome foi mudado para Rádio Nacional.

O Rio de Janeiro voltou a ter uma rádio customizada em 6 de março de 2006. O grupo Oi arrendou a histórica Rádio Cidade FM 102,9, e nela instalou a Oi FM, emissora de música pop e contemporânea oficialmente destinada a vender serviços de telecomunicações através de telefones móveis da Oi. Além de tocar música computadorizada sem locutor quase o dia todo. O Ibope da rádio sempre foi baixíssimo, e a Rede Oi (toda composta por emissoras arrendadas) começa a se desfazer. Talvez a filial carioca não emplaque 2011.

Esta é a última pesquisa do Ibope:

1. FM O Dia - 199.421 ouvintes por minuto

2. Melodia - 123.224

3. Beat 98 - 114.113

4. 93 FM - 97.633

5. JB FM - 91.643

6. Nativa - 89.357

7. Mix FM - 76.238

8. Super Rádio Tupi - 52.547

9. SulAmérica Paradiso - 34.632

10. MPB FM - 25.181

11. Rádio Globo - 24.991

12. Catedral - 16.984

13. 105 - 16.256

14.
Costa Verde FM 91,7 - 15.426

15. CBN FM - 15.021

16. Transamérica - 14.857

17.
107 FM - 14.578

18. Band News Fluminense - 12.923

19. Oi FM - 9.307

20. Gospel FM - 8.296

21. 104,5 - 4.370

22. MEC FM - 4.337

23. Roquette Pinto FM- 2.038

Outras - 47.469
Não lembra - 21.977
Total FM - 1.138.829

Fonte : Ibope - Rádios FM - Todos os dias 05/24 - Trimestral móvel maio/julho 2010

Paralelamente, São Paulo ganhou aos poucos três rádios customizadas: a Mitsubishi FM 92,5, de rock e música contemporânea (para alguns paulistanos, melhor que a Kiss FM, mas há controvérsias), a SulAmérica Trânsito FM 92,1, rádio que mescla informes sobre o trânsito infernal de São Paulo 24hs por dia com música contemporânea, e a Oi FM 94,1, igualzinha à carioca.

Tal como a Oi FM carioca, as três FMs paulistanas usam estações arrendadas e também são retumbantes fracassos de audiência, como mostra a tabela do Ibope de julho:

01) TUPI FM
1,16
190.606,11

02) NATIVA FM
0,98
161.051,65

03) TRANSCONTINENTAL FM
0,98
160.825,27

04) MIX FM
0,77

127.271,30

05) GAZETA FM
0,69
113.136,18

06) BAND FM
0,63
104.008,35

07) ALPHA FM
0,58
96.309,42

08) 105 FM
0,52
85.290,89


09) VIDA FM
0,51
83.945,05

10) 89 FM
0,49
81.437,35

11) METROPOLITANA FM
0,47

12) JOVEM PAN II FM
0,42

13) KISS FM
0,37

14) NOVA BRASIL FM

0,37

15) ANTENA 1 FM
0,28

16) CBN FM
0,26

17) ENERGIA 97 FM
0,26

18) TRANSAMÉRICA FM
0,21

19) TROPICAL FM
0,21

20) 99.3 REDE ALELUIA FM

0,21

21) IMPRENSA FM
0,18

22) BANDEIRANTES FM
0,15

23) MUSICAL FM
0,14

24) BANDNEWS FM
0,12

25) NOSSA RADIO FM
0,11

26) TERRA - FM

0,10

27) SULAMERICA TRANSITO FM
0,09


28) MUNDIAL FM
0,08

29) ELDORADO FM
0,08


30) CULTURA FM
0,05

31) DEUS E AMOR FM
0,05

32) USP FM
0,03

33) MITSUBISHI FM
0,03



34) 107 FM
0,02

35) OI FM
0,02


36) EXPRESSÃO FM
0,00

Ranking geral
Trimestre: Abril, Maio e Junho (2010)

De "segunda a sexta-feira", das 05h00 às 23h59.

(só nas primeiras posições são divulgados os índices de audiência)

Ou seja: as rádios ocupam a 27ª, a 33ª e a 35ª posições, num dial de 36 FMs. As três juntas somam 0,14 pontos, o que daria apenas para empatar com a evangélica Musical FM 105,7 no 23º lugar.

Será que os dirigentes da propaganda da Oi, da Mitsubishi e da SulAmérica não percebem o ridículo que estão passando?

Texto publicado originalmente no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário