Política, cultura e generalidades

domingo, 8 de agosto de 2010

Hélio Costa recorre à censura para impedir que internautas assistam vídeo de humor


Fonte: Centro de Mídia Independente.

Por José Maria Jr
8/8/2010 às 18:59

O candidato
Hélio Costa recorreu à Justiça Eleitoral para tirar do YouTube um vídeo que estava bombando no Twitter, intitulado "A Mentira Está de Volta". Em 03/07/2010, Hélio Costa pediu no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) nada menos que a intimação da empresa Google, proprietária do YouTube, para impedir que os internautas continuem a ter acesso ao vídeo, e multa superiores a 200 mil reais para quem divulgou o vídeo.

Quanto foi retirado do ar, no dia 04/08, o vídeo tinha sido visto por cerca de 10 mil internautas e já aparecia em primeiro lugar nas buscas pelo candidato. É um desenho animado, uma brincadeira bem humorada e feita com um traço ingênuo, contendo paródia de trilha musical.

O vídeo mostra um alienígena chegando de espaçonave nas montanhas de Minas Gerais, onde ele revela desconhecer a realidade do estado pelo fato ter ficado muito tempo longe de Minas, morando nos Estados Unidos e em Brasília.

A ação de Hélio Costa contraria uma decisão do próprio TRE-MG, que, em 27/07/2010, decidiu que chamar Hélio Costa de mentiroso não é ofensa. Veja um resumo de como Portal Terra noticiou o assunto: "O plenário do TRE-MG negou recurso ao candidato ao governo Hélio Costa (...) No processo, a coligação Todos Juntos por Minas acusava o
PSDB de usar em seu blog texto com ofensas a Hélio Costa. (...) No entanto, os juízes entenderam que não houve intenção de ofender o denunciante. (...) O material veiculado na internet classificava como mentirosas algumas declarações feitas por Hélio Costa sobre números de investimentos realizados pelo governo mineiro".

A iniciativa de Hélio Costa na Justiça é autoritária e truculenta. Causa perplexidade o fato de exatamente um jornalista que fez carreira na
TV Globo querer impedir a circulação de... um vídeo.

Um democrata de verdade se esforçaria em responder aos questionamentos que ali são feitos? E não botar uma mordaça na boca do YouTube. Será que Hélio Costa vai fazer o mesmo com as revistas
Veja e Istoé desta semana, além da Folha de São Paulo, que publicaram reportagens sobre as demissões na direção dos Correios, efetuadas pelo presidente Lula, e a existência de irregularidades na Telebrás?

cade o video????
free 8/8/2010 19:35

Cadê o vídeo???? O canalha Hélio Costa conseguiu tirar mesmo do ar??? A internet pode ser mesmo censurada??? Coloquem o vídeo na Internet... Tem varios outros canais além do conglomerado Google...

Nenhum comentário:

Postar um comentário