Política, cultura e generalidades

domingo, 8 de agosto de 2010

Esquerda e direita unidas contra a população


Este País de Tolos é governado pela nova esquerda pelega, unida com a direita fisiológica, ambas contra a população. Faltam grupos políticos realmente sérios para quebrar essa panela: uma esquerda autêntica e democrática, uma direita assumida e também democrática e um grupo nacionalista e democrático que não se ponha nem à direita nem à esquerda, mas acima de ambos. Junto com o Brasil.

Que nenhum dos três grupos seja extremista!

Hoje vi um cartaz representativo do atual status quo (esquerda e direita unidos) que governa este País de Tolos. É um cartaz que junta duas figuras emblemáticas da política fluminense.

Cidinha Campos é uma ex-repórter do Fantástico e ex-radialista que ganhou fama batendo forte na Rede Globo, a grande líder da direita midiática. Cidinha logo aderiu ao trabalhismo liderado por Leonel Brizola. Tendo já sido deputada federal por alguns mandatos, Cidinha é hoje deputada estadual do PDT e candidata à reeleição.

Jorge Picciani é um pecuarista. É deputado estadual há vários mandatos pelo PMDB e preside a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro desde 2003. É hoje candidato a senador.

O que leva uma remanescente do trabalhismo a produzir propaganda se colocando lado a lado com um espécime fiel da mais antiga direita fisiológica?

Fique a pergunta em aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário