Política, cultura e generalidades

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Época e a data de fundação da Igreja


Resposta enviada para a revista Época:

Há um erro conceitual na matéria de capa "A nova reforma Protestante" (Época nº 638, de 9 de agosto de 2010). Nela há um infográfico onde está escrito que o catolicismo romano "surgiu em 380 d.C., quando o Imperador Constantino instituiu o Cristianismo como religião oficial do Império Romano (...)". A data oficial de fundação da Igreja Católica Apostólica Romana foi mesmo neste ano 380, pois só então a Igreja foi legalizada pelo Estado. Mas a Igreja já existia bem antes desta data, só que na clandestinidade. O fato de não ser uma instituição legalizada antes de 380 não fazia da Igreja uma instituição inexistente. A data de fundação da Igreja ainda clandestina é motivo de controvérsias (nem a Igreja Católica fixa data precisa, mesmo se dizendo fundada pelo próprio Jesus Cristo), mas com certeza é anterior a 380.

Se formos adotar os critérios de ÉPOCA, temos que dizer que a Igreja Romana na China não existe, por estar também na clandestinidade, e o PCB só passou a existir em 1985, com a legalização pós-regime militar, pois da sua fundação em 1922 até 1985 o PCB esteve na clandestinidade na maior parte do tempo.

Agradeço pela atenção.

Atenciosamente,

Marcelo de Jesus Delfino
Rio de Janeiro - RJ

Um comentário:

  1. Concordo com você , Marcelo. A Igreja Apostolica comecou clandestina , e assim permaneceu até virar instituição em 380. Antes já existiam as igrejas dos corintios, filipenses, àquelas ás quais o apostolo Paulo escrevia.... A igreja de Cristo independe de ser institucionalizada, ou não,existe em diversos paises, como você citou , cristãos protestantes e católicos clandestinos na China. Parabéns pelo post. Saudações Cristã.

    ResponderExcluir