Política, cultura e generalidades

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Para Plínio, Ficha Limpa só deve valer para os outros


Plínio Sampaio deixou claro em sabatina de agora há pouco na Record News que não concorda com a condenação que o ex-secretário municipal de Diadema Aldo Santos (hoje filiado do PSOL) sofreu na Justiça de São Paulo, por ter cedido um ônibus da Prefeitura para militantes sem-teto fazerem uma ocupação. Plínio disse que Aldo fez algo que é um orgulho para o PSOL. E que a tentativa do TRE paulista de impugnar a candidatura do sujeito ao cargo de vice-governador por conta da condenação na Justiça é uma "interpretação errada" da lei da Ficha Limpa.

Para Plínio Sampaio, a lei da Ficha Limpa só deve valer para quem não é filiado do PSOL.

P.S: Acabei de consultar o TSE. Além do próprio Aldo, outros três candidatos a vice-governador de Sâo Paulo também estão ameaçados de impugnação: Prof. Marcus Freitas (PP), Rogério Meneses (PV) e Wagner Farias (PCB). E também dois candidatos a governador: Igor Grabois (PCB) e Paulo Búfalo, colega de Aldo no PSOL.

P.S 2: Atendendo a pedidos, farei um esclarecimento aqui. Pelo que disse, Plínio Sampaio deixou claro que Aldo Santos não poderia ser criminalizado porque ao emprestar um ônibus da Prefeitura para sem-teto, ele ajudou um movimento social. É nesse sentido que ele disse que a condenação foi injusta. Ainda assim, a condenação permanece.

2 comentários:

  1. Deveria ter dito exatamente o que ele falou sobre essa interpretação errada, pq eel considera a interpretação errada.

    Mas "Para Plínio Sampaio, a lei da Ficha Limpa só deve valer para quem não é filiado do PSOL" é algo meio infantil né?

    ResponderExcluir
  2. Pelo que disse, Plínio Sampaio deixou claro que Aldo Santos não poderia ser criminalizado porque ao emprestar um ônibus da Prefeitura para sem-teto, ele ajudou um movimento social. É nesse sentido que ele disse que a condenação foi injusta. Ainda assim, a condenação permanece.

    ResponderExcluir