Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Campanha pela melhoria da TV por assinatura


Fonte: Cultura Alternativa.


segunda-feira, 26 de julho de 2010

Campanha pela melhoria da TV por assinatura

A TV por assinatura corre o risco de parecer tão vulgar quanto a TV aberta. Além disso, os sistemas de TV por assinatura promovem a injustiça Sócio-Cultural jogando os pacotes básicos sem os melhores canais, enquanto muitos de seus canais se tornam desnecessários ou dispensáveis.

No sistema SKY, por exemplo, canais como o Canal Brasil seriam fundamentais para inclusão no pacote básico, mas só são acessíveis para assinantes do pacote avançado, que pagam mais caro. Em se tratando de um canal em crise, que precisa de audiência para sobreviver e que oferece filmes nacionais como poucas emissoras, é constrangedor que os assinantes de pacote básico, que pagam menos, não tenham acesso a um canal desses. Enquanto isso, há filme norte-americano a vontade para qualquer brasileiro ver, enquanto os brasileiros teriam que pagar mais para ter mais opções de Cinema Nacional na telinha.

Ainda no sistema SKY, enquanto canais interessantes como o citado Brasil, o Boomerang (de desenhos animados antigos, bem melhores que as chatices tipo Pokémon, Digimon e Cavaleiros do Zodíaco) e o Eurochannel só são liberados para os assinantes de pacote básico, canais totalmente dispensáveis para o grande público e que são essenciais apenas para especialistas (como Meteorologistas em relação ao canal Climatempo e os Agricultores para o canal Rural) são incluídos no pacote básico. Mas eles até que são alguma coisa.

O pior é a inclusão dos canais Rede TV e CNT, dois dos piores canais da TV aberta brasileira. A Rede TV, pelo menos, tem o ótimo "Jornal da TV" e alguma atração razoável, mas a CNT é um completo lixo. E a CNT já foi boa, exibia filmes que hoje só aparecem no pacote TeleCine e desenhos que hoje só aparecem no Boomerang. Mas hoje a CNT só serve de aluguel para produções de baixíssimo escalão. Programas religiosos, um programa com a "ex-mãe funk" (ela hoje está solteira e cobiçada pelos tigrões) Verônica Costa, baixaria policialesca com Wagner Montes
(Nota da Redação: Wagner Montes não está na CNT, e sim no programa policialesco Balanço Geral, da TV Record do Rio de Janeiro. Mas no momento Wagner está fora do ar, porque concorre à reeleição para deputado estadual pelo PDT-RJ) e programas chatos de televendas. Quem vai ver isso?

É uma vergonha que o pessoal que não pode pagar para ver o Canal Brasil para ver um bom filme nacional tenha como opção ver as propagandas mal dubladas de televendas do Polishop, na CNT.

Claro que nem tudo são flores, e o pacote avançado também inclui bobagens como Big Brother Brasil. Mas o pacote avançado, ainda assim, oferece opções de qualidade ao pacote básico da TV por assinatura, assim como esse oferece opções melhores do que a TV aberta. No entanto, devemos reagir para que a baixaria seja banida até mesmo da TV por assinatura.

Por isso mesmo, fazemos uma campanha para melhorar o sistema de TV por assinatura oferecido pelas empresas SKY, NET e DirecTV. Nossa proposta de um novo pacote básico deverá ser apoiada por você, internauta, e por isso pedimos que divulgue para o máximo de pessoas possível essa campanha, mesmo para pessoas que não usam serviço de TV por assinatura, que podem também apoiar a campanha e usá-la como um exemplo para a luta pela melhoria da televisão aberta.

Aqui estão as medidas que reivindicamos para o sistema de TV por assinatura.

CANAL RURAL - Deve deixar o pacote básico e passar a fazer parte de um pacote específico para moradores do interior do Brasil, em cidades onde a atividade agrícola é mais representativa. O preço seria o mesmo do pacote básico. Nas áreas urbanas, o canal fará parte do pacote avançado.

CLIMATEMPO - Deixa o pacote básico para entrar no pacote avançado. A programação interessa mais a especialistas ou a iniciados em previsões do tempo.

CNT - Deixa o pacote básico para entrar no pacote avançado. Como castigo por ter uma programação extremamente ruim, a pior segundo a coluna "Controle Remoto", do Segundo Caderno de O Globo. Além disso, pode causar sérios danos psicológicos ao telespectador.

AXN - Deixa o pacote básico para migrar para o pacote avançado. Sua programação é mais voltada aos enlatados e filmes comerciais de ação. Só se salva o seriado "Alias", com a bela Jennifer Garner no elenco.

PEOPLE & ARTS - Deixa o pacote básico para se mudar para o pacote avançado. Sua programação interessa mais a pessoas mais ricas por causa da vida de casais, celebridades etc.

BOOMERANG - Do pacote avançado para o pacote básico, sem aumento de custo.

BRASIL - O canal de Filmes Brasileiros deixa o pacote avançado para fazer parte do pacote básico. O canal precisa de audiência, estando à beira da falência, daí ser importante tornar o canal bem mais acessível.

EUROCHANNEL - Vai para o pacote básico. É uma forma de mostrar um pouco da Cultura Européia para os assinantes que pagam menos. Filmes, Eventos Musicais e Documentários de grande qualidade.

Postado por Bruno Melo às 15:33

5 comentários:

  1. Tem outro erro nesse texto. O Boomerang deixou de passar desenhos clássicos há alguns anos. Se não me engano quem assumiu esse papel foi o Tooncast, lançado há uns 2 anos pela Turner, mas que até hoje quase nenhuma operadora disponibilizou.

    ResponderExcluir
  2. Delfino, eu apoio totalmente a sua iniciativa. Afinal, canais como Eurochannel (do quel sou fã) e o Brasil merecem ser vistos por todos para ensinar o que realmente deveria passar em uma boa televisão.

    Que adianta TV com imagem de alta definição se a programação é de baixíssima definição?

    A partir desta quarta voltarei a ter TV paga. Só que no tal pacote básico. Vou ter que aprender a gostar das vacas breganejas do inútil Canal Rural.

    ResponderExcluir
  3. Não sei como é o seu pacote básico, xará. Eu sei que Niterói não tem NET, mas tem a TV Cidade. E os sistemas via satélite Sky, Via Embratel e Oi TV também atuam por aí.

    Hoje eu assino o pacote Família, o pacote de notícias (Band News, Record News, Bloomberg, Fox News, BBC World News e CNN International) e o Telecine, tudo na NET. E ainda me deram o Canal Brasil de brinde, apesar de não integrar nenhum desses pacotes. Já vi uns dois filmes bacanas no Canal Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Atualizando: hoje estou no pacote Total Telecine da NET. Porque ele inclui mais canais realmente bacanas como o TCM (só de filmes e seriados clássicos), SyFy (só filmes e séries de ficção científica), Space (só filmes e séries de ação) e o Discovery Turbo (só com documentários sobre máquinas, geralmente meios de transporte). Já vi programas e filmes em todos eles. E ainda conservo o pacote de notícias (por cortesia, não cobram nada por ele), com BBC News, Fox News, Bloomberg, CNN International, Band News e Record News. Pra ter opções diferentes além da Globo News.

    ResponderExcluir
  5. Em vez desses Congressistas dando palpites para enfiar goela abaixo a programação de conteúdo nacional, por que não colocam ideias para baratear a assinatura?

    Mais interessante escolher "x" canais do que esse combos que as operadoras oferecem ao usuário e, de letra, ajudaria a diminuir o chamado gato net. Do jeito que está, é um convite para a ilegalidade que eu não faço parte desse time. Isso, os políticos não querem mexer.

    ResponderExcluir