Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Mentira não tem pernas

Fonte: O Dia.

Mentira não tem pernas

Só valorização do servidor pode garantir bons serviços à população do estado

Paulo Ramos - Deputado estadual (
PDT-RJ)

Rio - Todos acompanham, assustados, revoltados ou crédulos, a propaganda do governo do estado em relação ao sucesso das políticas públicas. O mistério consiste em saber se há reconhecimento espontâneo por parte da população ou se tudo não passa de empulhação, considerando os elevados gastos do governo com a propaganda oficial.

Como pode ir bem a educação pública estando insatisfeitos e desassistidos os professores, com planos incorporados a conta-gotas e o pessoal de apoio recebendo vencimento líquido inferior a R$ 500? A evasão escolar, a repetência e o péssimo estado das escolas não serão ocultados pelos aparelhos de ar-condicionado que não funcionam ou pelos laptops distribuídos.

Como imaginar que vai bem a segurança pública, se os profissionais da área estão indignados, sem esperança no governo, lutando no Congresso Nacional para aprovação de emendas constitucionais que resolvam de vez a questão salarial?

A polícia é pacificadora, mas a cada operação policial temos como saldo um número elevado de mortos, sendo também preocupante o grande número de policiais que morrem por ferimento de arma de fogo.

A Saúde, sucateada, sendo motivo dos maiores escândalos, com profissionais terceirizados recebendo cinco vezes mais que os efetivos (concursados) que nem sequer têm plano de cargos carreiras e salários. As UPAs são biombos que não enganam a mais ninguém.

O governo anuncia crescimento da arrecadação, mas os fazendários estão à míngua. Nas demais áreas do serviço público, temos servidores completamente abandonados.

Enfim, só com o reconhecimento do servidor, que precisa de boas condições de trabalho e melhores condições de vida é que haverá serviço público capaz de atender às necessidades da população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário