Política, cultura e generalidades

sábado, 26 de junho de 2010

Dissidentes do PSDB e do DEM ameaçam fundar novo partido

Fonte: Rudá Ricci.

sábado, 26 de junho de 2010

Tumulto nos bastidores serristas

Chegam notícias das mais quentes em relação aos bastidores do alto
tucanato.

Há boatos em profusão a respeito da articulação envolvendo a criação de um novo partido, que reuniria
democratas e parte do tucanato, com elementos importantes do Rio, de Minas e alguns estados nordestinos, com destaque para o Ceará.

Citam, ainda, negociações com outros pequenos partidos.

Um dos ideológos da novidade seria
Cesar Maia.

O grupo que estaria à frente das tratativas seria o que apoiou a candidatura de
Aécio Neves para a Presidência da República e que enfrenta os tucanos paulistas e paranaenses.

Ciro Gomes também é apontado como mais um expoente desta articulação.

Eu quero saber como a esquerda tratará esse partido novo. Tratará da mesma forma com que trata o PSDB e o DEM ou tratará com a benevolência com que o PT trata o PMDB e o PP?

E como será a atuação do partido diante da presidenta Dilma? Será uma oposição patética como a atual ou alguma oposição com propostas novas e boas, que preste e que dá para se votar nela em 2012 e 2014?

Pra mim, esse novo partido só prestará se afrontar no próprio estatuto o liberalismo. Do contrário, não passará de um ajuntamento de dissidentes antisserristas do DEM e do PSDB.

Também terá que afrontar o socialismo e o comunismo. Do contrário, será mais honesto seus membros integrarem a base do Governo ou deixarem a política.

Nenhum comentário:

Postar um comentário