Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 27 de maio de 2010

"É uma maluquice privatizar a Petrobras", reage Dilma


Claro que é uma maluquice. Se alguém privatizar a Petrobras, onde o PT enfiará aquele monte de pelegos que o Governo põe na cúpula da empresa?

Fonte: JB.

Portal Terra

DA REDAÇÃO - Com blazer rosa shock, a pré-candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, criticou, em entrevista ao Jornal do
SBT, a ideia de privatizar a Petrobras - nada leve insinuação contra o concorrente do PSDB, José Serra. "É uma maluquice privatizar a Petrobras", reagiu Dilma. Indagada pelo apresentador Carlos Nascimento se algum oponente pretendia desestatizá-la, a petista fez uma cara reticente e soltou um "não sei", ressalvando: "Não sou a favor de estatizar nenhuma área hoje ocupada por empresas privadas".

Numa das respostas com linguagem informal, a pré-candidata afirmou que "prefere matar no porrete a inflação". Dilma defendeu a desoneração de impostos sobre os investimentos, as exportações e o emprego. "Tem que fazer um corte nos impostos que atinjam os investimentos", avaliou. "Ao desonerar você aumenta a arrecadação, só que não aumenta imediatamente".

Confrontada com notícias sobre crimes bárbaros no País, a petista propôs a "combinação de uma ação forte da polícia, tanto do Estado quanto da Força Nacional". "É quase uma disputa de território", definiu. Segundo Dilma, não basta elevar a pena de criminosos, limitada a 30 anos. "A pena pra determinados crimes, quando é dada, tem que ser cumprida integralmente".

20:27 - 26/05/2010

Um comentário:

  1. Agora podemos ver claramente: Lula ama e defende com unhas e dentes seu cumpanhero cocalero Evo Morales, o presidente da associação de cocaleros e do país que é o maior produtor de coca do mundo.
    Para sua reeleição, Lula recebeu uma grande doação de narcodólares das Farc - os narcoterroristas de esquerda da Colômbia. Quanto Dilma irá receber, ou já recebeu, desta vez?
    Íntegra em: http://razoesdobocabraba.blogspot.com/2010/05/dilma-cocaina.html

    ResponderExcluir