Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Serra perde paciência com eleitor


José Serra esteve ontem no Rio de Janeiro. Deu entrevista na Rádio Globo e visitou o arcebispo Dom Orani Tempesta, na Arquidiocese. Entre uma coisa e outra, fez um lanche num bar e pediu um suco de maracujá sem gelo. Muito adequado para alguém com temperamento estourado, como ele.

Pois a paciência dele acabou quando um eleitor chegou e fez aquelas perguntas típicas de cariocas contrários a presidentes da República e mesmo a possíveis futuros presidentes:

- São verdade os boatos que dizem que o senhor vai entregar as empresas nacionais ao estrangeiro?

Mal humorado, Serra mandou a resposta:

- Não. Não é verdade. Isso é futrica do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário