Política, cultura e generalidades

domingo, 16 de maio de 2010

Rudá acha que o blogueiro aqui é direitista

Fonte: Rudá Ricci.

Macelo (???),

O que acho interessante é que vocês, de direita, sempre têm o respeito de nós, de esquerda. Veja que lhe dou espaço para propor intervenção na
CNBB. Mas seu blog está cheio de frases de desprezo e ataque ao pensamento de esquerda. Esta é nossa diferença: vocês, de direita, querem ganhar na força. E nós, de esquerda, na inteligência e no debate. A direita só dirigirá a CNBB na força ou tapetão. A direita dificilmente combina com ética e respeito humano. Daí o problema de ser hegemônica na CNBB.

Grande Rudá! Este é mais um troféu pela minha independência. Fico muito feliz por este presente que acaba de me conceder. Já fui chamado de petista por tucanos e direitistas em geral, e de direitista por um monte de esquerdistas. Como o nobre leitor Rudá Ricci, que acaba de dizer que sou direitista.

Bacana. Ser chamado de direitista por esquerdistas e de esquerdista por direitistas é algo que muito me qualifica e me orgulha muito. É que eu faço parte daquela parcela da população que os políticos mais odeiam: a que não tem compromisso com partido ou político algum, e que fica sempre naquela zona cinzenta dos indecisos a cada eleição. Ou então votando sempre contra o Governo, não importa o cretino ou cretina que esteja no poder.

Saiba que os blogueiros mais progressistas que me trouxeram para a militância internáutica nunca me chamaram de direitista. E olha que eles, de fato, são mais à esquerda do que eu.

Como meu país (mesmo sendo um País de Tolos) está acima da direita e da esquerda, eu prefiro me definir como um cimista. Já fiz uma postagem sobre este assunto. Se quiser, confira.

Se acredita que ser cimista é algo exótico e estranho demais, saiba que é mesmo. Eu sempre fui muito solitário em termos políticos, e pretendo continuar assim no resto de meus dias.

Se quiser espalhar por aí que sou um direitista, vá em frente. Como dou apoio a todos os que espalham por aí que sou um esquerdista. Todos juntos para comprovar que, de fato, sou incontestavelmente um blogueiro independente. Não repare: você me deu o direito de jogar a modéstia fora desta postagem.

Ah, como direitista que sou (na sua definição), acabei de fazer uma postagem contra a Renovação Carismática e programei uma postagem para logo mais à meia noite: Serra em Transe, uma sátira em cima de cena clássica do filme Terra em Transe. Não deixe de conferir.

A sátira já está na barra lateral do blog. Mas não é para dar satisfação para esquerdistas, viu?

Ah, se acredita que o blog tem muitas frases de desprezo e ataque ao pensamento de esquerda, saiba que eu acho pouco. E acho até que estou sendo bonzinho demais. Ainda estou começando. Nem fiz um ano de blog... Mas quem sabe um bom paredón resolva.

3 comentários:

  1. Quer um conselho? Se não quer ser chamado de direitista, rompa definitivamente com o Blogs para Democracia e tire qualquer referência a ele em seu site. Investiguei e posso garantir que o B.p.D. é de direita. E quem se associa a ele também vira direitista.

    Conselho de amigo.

    ResponderExcluir
  2. Boa ideia, xará. Aquele banner sairá do blog. Eu também me enchi dos spams que os caras me mandam. Pelo menos uso o servidor do Yahoo, que joga tudo direto para a caixa de spams. Nem fico sabendo o que eles conversam nas internas.

    Mas não posso remove-los da companhia dos mais diversos blogs da barra lateral. Pra cada Blog pela Democracia que removo, teria que remover um Planeta Laranja, entende? Quero manter a lista o mais plural possível. Não é uma lista tipo "aqui só os blogs com os quais concordo plenamente".

    Pra dar uma faxina no blog, só mesmo declarando independência total. Como já disse aquele príncipe: independência ou morte!

    ResponderExcluir
  3. Aliás, nem vou precisar remover os Blogs pela Democracia da lista de blogs, porque acabei de verificar que eles jamais estiveram na lista. Só tinham o banner, mesmo.

    ResponderExcluir