Política, cultura e generalidades

sábado, 1 de maio de 2010

PT e PSDB fazem guerra jurídica


Fonte: Estadão.

PT e PSDB voltam a protagonizar guerra jurídica em fase pré-eleitoral

Sucessão. A direção petista entrou ontem com as primeiras representações contra o PSDB alegando que o partido usou ''baixaria'' na internet; já os tucanos ensaiam um protesto ao que consideram propaganda antecipada em favor da pré-candidata Dilma Rousseff

01 de maio de 2010 0h 00
O Estado de S.Paulo

O já preconizado embate jurídico entre PSDB e PT na sucessão presidencial teve novos lances, revelando aumento da tensão a 5 meses do pleito. O PT acusa o PSDB de "baixaria" na internet. Os tucanos ensaiam mais um round da batalha contra o que consideram uso escancarado da máquina e propaganda antecipada do presidente
Lula para Dilma Rousseff.

Após o PT de São Bernardo do Campo ter acusado o pré-candidato do PSDB,
José Serra, de propaganda antecipada ao inaugurar o trecho sul do Rodoanel, agora é o PT nacional que partiu para o ataque, acusando os tucanos de difamar Dilma no site www.gentequemente.org.br, criado pelo PSDB.

Em e-mail a militantes, o presidente do PSDB, Sérgio Guerra, reagiu. "Guerra suja faz quem mente. Tudo o que nós dizemos é registrado, tem autor e conteúdo passível de identificação. Usamos a internet para apresentar propostas e ideias para o Brasil, mas também para denunciar mentiras, bravatas e falsas promessas." De maio do ano passado até ontem, os apoiadores de Serra (PSDB,
DEM e PPS) já ingressaram com 12 representações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o Lula, Dilma e a direção do PT.

Lula já foi condenado a pagar duas multas ? uma de R$ 5 mil e outra de R$ 10 mil ? por propaganda antecipada, mas a maioria das representações foi julgada improcedente. Segundo o secretário-geral do PT, José Eduardo Martins Cardozo, o partido evitou ao máximo usar "o jurídico para o debate político". "Agora, o fato é gravíssimo porque o PSDB assume uma política de baixo nível, rotulada e assinada. Quando se começa a baixar o nível a um ponto em que a honra é atingida, estão ultrapassando a estratégia eleitoral."

Desafio. Os petistas alegaram que estão abertos a qualquer investigação sobre suspeitas de que blogs em favor de Dilma e que ataquem Serra sejam produzidos e municiados pela equipe que atua na pré-campanha.

Além da guerra na web, o PSDB estuda processar Lula pelo pronunciamento em cadeia de rádio e televisão na quinta-feira, quando exaltou resultados de sua gestão e defendeu a continuidade, o que para os tucanos é propaganda subliminar pró-Dilma. "O presidente coloca os interesses partidários acima da lei", criticou a senadora Marisa Serrano, vice-presidente do PSDB.

Para o assessor especial da Presidência, Marco Aurélio Garcia, a oposição aciona a Justiça porque está "assustada e sem discurso''. Segundo ele, a briga vai ser morna até julho: ''Só ficará interessante no 7º. ou 8º. round''.

"Não há eleição que me faça jogar fora o que acumulamos nesse período", afirmou ontem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Paulo, rebatendo críticas de que estaria usando o governo em favor da campanha da pré-candidata Dilma Rousseff.

Nenhum comentário:

Postar um comentário