Política, cultura e generalidades

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Presidenciáveis unânimes em apoiar o Governo

Se os cretinos presidenciáveis acham tão difícil cumprir a justiça social com os aposentados e os pensionistas, saibam que basta acabar com a roubalheira no próprio Governo e na Previdência. Os recursos dos trabalhadores têm sido usados para tapar os buracos do próprio Governo, ao longo das décadas.

Fonte: O Globo.

Serra e Dilma vão apoiar decisão do governo sobre reajuste de aposentados; Marina faz ressalva

Publicada em 05/05/2010 às 21h03m
Maria Lima e Sérgio Roxo - O Globo

BRASÍLIA e PORTO ALEGRE - Os pré-candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) afirmaram nesta quarta-feira que vão apoiar qualquer decisão tomada pelo governo em relação ao reajuste para os aposentados. Marina Silva, pré-candidata do PV, disse que o reajuste aprovado pelos deputados pode ameaçar o controle das contas públicas.

- A discussão tem de ser feita com cuidado. É justo você ter aposentadorias dignas. Por outro lado, há o problema das contas públicas - afirmou ela.

Na véspera, a Câmara aprovou aumento de 7,7% aos aposentados que ganham acima do salário mínimo, superior à proposta original, de 6,14%. O governo federal já sinalizou, no entanto, que poderá vetar o reajuste.

Serra ressaltou que o presidente Lula está atento à questão:

- Acho que os aposentados merecem uma melhora, sem dúvida nenhuma, principalmente ao longo do tempo, porque há um atraso nesta questão (o reajuste salarial). O Senado ainda vai deliberar e o governo vai decidir. O ministro Guido Mantega é um homem responsável e o presidente Lula está prestando atenção nesta questão. Vou apoiar a posição que o governo federal tomar a este respeito - disse Serra, que participou de almoço das associações comerciais do Rio Grande do Sul e segue agenda política em Porto Alegre, onde participa de sabatina no jornal "Zero Hora".

Já Dilma destacou, em dois posts em sua página no Twitter, que Lula "tem um forte compromisso social".

"Imprensa me pergunta o que o presidente Lula deve fazer em relação ao aumento dos aposentados. O presidente tem um forte compromisso social", disse a pré-candidata no Twitter.

E continuou, para tentar minimizar o estrago que o veto causaria a sua pré-campanha entre os aposentados:

"Lula tem compromisso com trabalhadores e aposentados q deram seu trabalho pelo Brasil. Tenho certeza de que ele decidirá de forma equilibrada".

Marina, durante entrevista ao SBT, defendeu a negociação de um projeto que assegure, de forma permanente, a recuperação dos valores pagos hoje pela Previdência:

- O projeto foi aprovado na Câmara, e agora vai ao Senado. Vamos ver o que vai acontecer. Não é só aprovar. É preciso ver também de onde vêm as receitas.

Lula diz que apreço por aposentados cresce em época de eleição

Irônico, o presidente Lula afirmou que o apreço pelos aposentados cresce durante as eleições.

- Todo mundo tem apreço pelos aposentados e em ano eleitoral aumenta o apreço de forma extraordinária - afirmou.

Lula disse ainda que vai aguardar a tramitação no Congresso da proposta para só depois tomar uma decisão.

- O que temos que respeitar é que o Congresso Nacional tem sua autonomia, o Poder Executivo tem sua autonomia e somente quando o processo tramitar nas duas Casas e houver um resultado final é que cabe ao presidente tomar uma decisão. Enquanto isso vamos esperar - disse Lula.

Também quarta-feira, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, afirmou que vai aconselhar o presidente a vetar a proposta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário