Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Para Dilma, os nordestinos "migravam" do Nordeste para o Brasil...


Fonte: Politicagens, Politiqueiros e Políticas Globais.

Dilma Rousseff não tem jeito, mesmo. Para desespero de Lula e sua equipe de campanha, vai se afogar na própria imagem e falta de tarimba, até afundar totalmente na campanha. Pior, não dá mais para voltar atrás.

A última foi a entrevista que ela deu para a sua própria assessoria e que foi ao ar na noite do domingo passado.

O primeiro erro foi falar que em 1909 o presidente da República foi Arthur Bernardes, na verdade foi Affonso Penna até junho daquele ano, quando morreu. Nilo Peçanha assumiu e concluiu o mandato, até 1910. Bernardes só viria a ocupar o mesmo posto 12 anos depois, em 1922. Até aí tudo bem né, faz tempo demais, ela nem tinha nascido, deve ter faltado na aula referente à este tema, enfim, passou.

O segundo e bem mais grave foi, em referência ao filme Vidas Sêcas (1963), de Nelson Pereira dos Santos, a pré-candidata à Presidência disse que a história retrata "todo o problema da miséria, da pobreza, da saída das pessoas do Nordeste pro Brasil".

Chega a ser cômico para não dizer triste a falta absurda de preparo de Dilma. Ela está mesmo fora da sua área de segurança, e está jogando fora a chance que nem queria ter na vida. Como eu disse, agora é tarde.

Continue assim, candidata.
Postado por Walter Giglio às 14:03

Nota deste blog: Avance o vídeo até o tempo de 10 minutos e 13 segundos (propaganda do PT!), para ouvir a aula de Dilma Rousseff sobre o Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário