Política, cultura e generalidades

domingo, 16 de maio de 2010

A derrota apostólica de Armando Campos: 107,9 MHz ficam em definitivo com a Gospel FM

A outorga FM 107,9 carioca tem uma das mais acidentadas histórias do dial. Ela começou mais ou menos entre 1983 e 1984, como rádio Estácio FM, uma rádio da Universidade Estácio de Sá, que imitava a Fluminense FM. A rádio começou a desandar quando seu coordenador, José Roberto Mahr, se transferiu para a própria Fluminense.

De lá para cá, ocorreram inúmeras mudanças. Na primeira, a rádio tornou-se uma rádio "adulta". Há quem afirme que esta mudança se deveu a pressão das rádios pop comerciais. Depois, trocou o nome para Universidade FM e virou rádio pop. Em 1992, Armando Campos (o então dono da Tropical FM) assumiu a gestão da Fundação Rádio Educativa São Sebastião, detentora da outorga, e a transformou na Popular FM. Esta última foi rádio popularesca, rádio funk e até uma afiliada da cearense rede Somzoom Sat.

Em 1999, a rádio foi arrendada para a Fundação / Igreja Renascer. Foi criada a evangélica Gospel FM, que também acabou, para abrigar a pop Manchete Gospel, expulsa do canal FM 89,3. No final de 2005, a FM 107,9 voltou a se chamar apenas Gospel FM.

A Gospel FM começou nas instalações da hoje extinta Manchete FM 89,3, que fora arrendada à Renascer. No início, só tocava "rock gospel" e muita música pop gospel, principalmente americana. No entanto, a Gospel FM 107,9 passou a ter estilos variados, parecendo-se com uma rádio pop convencional.

A Gospel FM assumiu, no Rio, o papel que a El Shadai FM 93,3 exerceu de 1992 a 1994: ser divulgadora da música gospel dirigida aos jovens.

Em fevereiro de 2009, a Fundação São Sebastião rompeu o contrato de arrendamento com a Renascer, e Armando Campos retomou o comando da emissora. Armando criou a Original FM, uma rádio de samba e pagode com o mesmo estilo da extinta Tropical FM (que também percencia a Armando). A rádio contratou diversos comunicadores e locutores que trabalharam na Tropical. O próprio Armando Campos apresentava o Correspondente Brasil, um informe jornalístico de hora em hora.

Na pauta da emissora, estava a cobertura do Carnaval 2009 e a transmissão de partidas de futebol, a partir do Campeonato Brasileiro de 2009.

Mas uma guerra jurídica entre o apóstolo Estevem Hernandes (o líder da Renascer) e Armando Campos durou vários meses, e provocou um entra-e-sai do ar das duas outorgas (Original FM e Gospel FM). Uma das fontes da comunidade Dial AM e FM do Rio de Janeiro trouxe a grande novidade de 2010:

Enfim, acabou a novela do ArmandoSEdeuMal e sua FM "cultural" agora está em definitivo nas mãos de Estevam Hernandes, vulgo "apóstolo". Os dois fecharam acordo $$$$$$ e o mesmo (Hernandes) já está investindo na rádio. vai retirar os equipamentos da área do Armandosedeumal e começar a montar nova estrutural de irradiação (Sumaré)
Pronto acabou....


DADOS DA RÁDIO
Entrada no ar: 1999
Sede da outorga: Rio de Janeiro
Alcance: Grande Rio (exceto parte da Zona Oeste carioca) e arredores. A torre fica no morro do Sumaré, Rio de Janeiro.
Endereço: Rua Pereira Nunes,395 - Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
Telefone do ouvinte: (55)(21) 3259-1079
Portal na Internet: gospelfm1079.com.br

Texto publicado originalmente no Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário