Política, cultura e generalidades

terça-feira, 30 de março de 2010

Debatedores confundem Jorge Maravilha com Fio Maravilha


Mais uma asneira do programa de debates Vox Populi, da Catedral FM 106,7, para deleite dos fanáticos por rádio AM em FM. Hoje, alguém lembrou que, na época da Censura pós-1964, Chico Buarque usava às vezes um pseudônimo, para ter suas músicas aprovadas pela Censura, que a certa altura vetava qualquer composição nova assinada com o nome original Chico Buarque. Só que ninguém lembrou do pseudônimo usado por Chico.

Eu mesmo mandei uma mensagem de MSN pra eles, informando que o pseudônimo de Chico era Jorge da Adelaide. Só que, minutos depois, eu mesmo me corrigi, informando que o pseudônimo mesmo era Julinho da Adelaide, e que Jorge era apenas um personagem de uma das músicas compostas por Julinho (na verdade, Chico Buarque). Citei o nome da música: Jorge Maravilha.

Pra quê? Para as antas esclerosadas do Vox Populi não lembrarem da música, e ainda preferirem debater sobre outra música: o sucesso Fio Maravilha, de Jorge Ben Jor. Vai ver os debatedores ficaram achando que eu misturei o nome Fio Maravilha com o nome de seu compositor.

Bem feito. Quem mandou eu ajudar ignorantes natos como esses que fazem debates em FM?

Para quem se interessar: coloco aqui a música Jorge Maravilha, com o próprio Chico Buarque.

Nenhum comentário:

Postar um comentário