Política, cultura e generalidades

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Picciani defende Dilma Rousseff e ataca Anthony Garotinho

Dilma Rousseff
Com uma defesa dessas, Dilma não precisa de adversários.

Fonte: O Dia.

Informe do DIA: Picciani atira

POR FERNANDO MOLICA

Rio - Presidente da Assembleia Legislativa e do PMDB-RJ, Jorge Picciani parte para o ataque: afirma que a candidatura de Anthony Garotinho (PR) ao governo iria prejudicar a votação de Dilma Rousseff. Provável candidata à Presidência, a ministra, no Rio, seria apoiada por Garotinho e Sérgio Cabral.

Segundo Picciani, aliado de Cabral, o palanque duplo teria efeito desastroso para Dilma. Isto, pelos prováveis ataques que serão trocados entre o ex e o atual governador. “O que ela vai fazer quando o Garotinho criticar o governo Cabral?”, questiona.

Importância do Rio

De acordo com Picciani, Fernando Gabeira (PV) seria beneficiado pela briga, o que abriria espaço para José Serra, provável candidato do PSDB à Presidência. Afirma que uma boa votação no Estado é fundamental para que Dilma anule a vantagem de Serra em Minas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário