Política, cultura e generalidades

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

As igrejas só para endinheirados

Ap. Estevam Hernandes e Bpa. Sonia Hernandes
É senso comum de que muitos pastores das igrejas pentecostais ou pós-pentecostais costumam induzir os fiéis pobres a doarem até os poucos recursos que possuem, deixando-os ainda mais miseráveis.

Mas há exceções. Por exemplo: Não sei se os pastores de igrejas como Renascer ou Sara Nossa Terra tiram recursos de quem não tem nada para dar. O que vejo é essas igrejas sendo frequentadas pela classe alta e pela classe média alta. No caso da Renascer, isso acontece desde a fundação da igreja. Remediados e duros como nós não temos vez na Renascer.

Pensem nos dízimos e ofertas que o Kaká (presbítero da Renascer Madri) paga. Só o dízimo de um ano dá para reconstruir aquele templo que caiu na Av. Lins de Vasconcelos, em São Paulo.

Um comentário:

  1. Eu acho que não é bem assim não. O Kaká frequenta a Renascer desde criança, quando ele não era rico. Eu vejo na televisão a Igreja Sara Nossa Terra e só vejo jovens assistindo culto. Eu acho que é meio difícil a classe média frequentar igreja neopentecostal; acho que deve ser uma pequeníssima minoria. Se alguém de classe média resolver frequentar igreja, creio que as principais candidatas seriam igrejas batistas, presbiterianas e outras do tipo.

    ResponderExcluir