Política, cultura e generalidades

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Padre gastão é desligado do sacerdócio


Pelo menos neste caso não teremos uma pizza gospel.

Fonte: O Dia.

Informe do Dia: Punição para padre
POR FERNANDO MOLICA

Rio - Pivô do escândalo relacionado ao mau uso do dinheiro da Igreja no Rio, o padre Edvino Steckel recebeu outra punição: na quarta feira-passada, ele assinou documento em que abre mão de suas funções arquidiocesanas. Ou seja, padre Edvino foi afastado da
Arquidiocese do Rio.

Ele havia sido demitido do cargo de ecônomo da Arquidiocese e da diretoria da
Rádio Catedral em maio, um dia depois do Informe revelar que ele comprara, com dinheiro da Igreja, um apartamento de luxo para Dom Eusébio Scheid, arcebispo aposentado.

2 comentários:

  1. OLÁ MARCELO.

    UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER ME CALAR:

    ELE DEVOLVEU A GRANA?
    ABS DO BETOCRITICA.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Beto. Como na maioria das vezes em que alguém desperdiça dinheiro do Erário ou de ONGs (como é a Arquidiocese), o sujeito ainda não repôs um tostão.

    Punição mesmo, ele só recebeu no âmbito do Direito Canônico. Nada ainda no Direito Civil ou Criminal.

    ResponderExcluir