Política, cultura e generalidades

domingo, 6 de dezembro de 2009

Direita chilena pode eleger seu primeiro presidente após a Era Pinochet

O presidente Augosto Pinochet fez tanta lambança no Chile que até hoje a direita não conseguiu eleger um único Presidente depois da ditadura. Todos os presidentes eleitos foram esquerdistas e/ou socialistas.

Mas parece que o fantasma de Pinochet está se desvinculando da direita chilena. Os chilenos perderam o preconceito contra a direita democrática.

Enquanto isso, aqui no País de Tolos...

Fonte: JB.

Chile: candidato chama presidenciáveis a se unirem contra a direita

Agência ANSA

SANTIAGO - O candidato a presidente do Chile pelo Partido Comunista, Jorge Arrate, convidou o postulante da coalizão governista Concertación, Eduardo Frei, e o independente Marco Enríquez-Ominami a conversar sobre uma associação em um eventual segundo turno.

O objetivo da aproximação entre os três seria evitar a vitória do opositor Sebastián Piñera, favorito nas pesquisas eleitorais.

- Minha disposição segue sendo a mesma, a disposição para sentar e dialogar. Não queremos La Moneda [sede do governo chileno] para a direita - afirmou Arrate, quarto colocado nas estimativas.

O comunista já havia falado da proposta no último debate televisivo entre os candidatos.

Essa seria uma maneira de "notificar ao país que Sebastián Piñera não será presidente do Chile", disse Arrate durante uma entrevista à rádio Cooperativa.

Ele comentou também que as forças de esquerda estão dispostas a fazer todo o possível para dialogar com qualquer um e que espera uma resposta dos outros candidatos há 15 dias.

Segundo o comunista, a demora aumenta a responsabilidade que a Concertación tem sobre a possibilidade de a direita chegar ao governo.

O primeiro turno das eleições chilenas está marcado para o próximo dia 14 e uma segunda etapa do pleito aconteceria em 17 de janeiro.

19:02 - 05/12/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário