Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Âncora do SP TV detona Serra e Kassab

Esquerdistas, decidam-se de uma vez: a Globo faz parte do PiG (Partido da Imprensa Golpista, tucano e anti-PT) ou NÃO FAZ PARTE DO PIG. Não é possível ficar em cima do muro, como o tucanato pré-Era FHC.

Fonte: Blog do Tsavkko.


5 comentários:

  1. Marcelo,

    Acho que a Globo continua sendo do PiG, o Chico Pinheiro é que exerceu alguma independência profissional. Eu particularmente admiro ele. Deve ser isso. Mas a Globo, no geral, como empresa, continua sendo PiG. Deve ter dado um pito no jornalista por esse comentário.

    ResponderExcluir
  2. Minha proposta é essa mesma: provocar discussão. Cada um dizer que a Globo é PiG ou não é PiG, e discutir os termos disso.

    Claro que a Globo é PiG. Só acredito que não seja uma coisa ligada a legenda partidária. A Globo é do PG, Partido da Globo. Ela se alia com qualquer um que dê vantagens para ela. Foi assim com os militares, com o Sarney, com o Collor, com o Sarney... Os caras colocaram o Lula na bancada do JN na segunda-feira posterior da eleição de 2002, coisa que não lembro se fizeram com Collor e FHC, presidentes também eleitos. E agora os globais estão no PiG, por questões ideológicas e porque o Lula é aliado dos donos da rival Record. Não tem essa de apontar méritos e deméritos do Governo com independência.

    Vez ou outra aparece um profissional com cacife para exercer independência dentro das Organizações Globo. Haroldo de Andrade era assim. Chico Pinheiro é um exemplo atual. Sidney Rezende tinha independência dentro da CBN (peitou o então secretário de segurança Anthony Matheus ao vivo no ar). Mas a independência acabou quando ele peitou o governo Sérgio Cabral Filho. Mandaram Sidney embora. Ele só foi mantido no canal Globo News.

    ResponderExcluir
  3. É e sempre foi PIG, Chico Pinheiro deve estar com a corda no pescoço.

    ResponderExcluir
  4. Pois é, Angry Brazilian. PiG é Partido da Imprensa Golpista, mas pode ser também Partido da Imprensa Global. Tudo a ver.

    O espaço continua aberto. Quem quiser endossar nosso pensamento, fique à vontade.

    Quem pensa o contrário, fique à vontade também. Mas duvido que apareça alguém.

    ResponderExcluir
  5. Tenho algo mais a dizer: nós temos bom senso quando usamos as Organizações Globo como parte de nossas várias fontes. Há de se separar a manipulação do PiG do material autêntico divulgado por alguns profissionais de lá. Dá para tirar de lá críticas também a governos direitistas, como os governos do PMDB fluminense.

    ResponderExcluir