Política, cultura e generalidades

domingo, 4 de outubro de 2009

Sucessão presidencial, faltando menos de um ano

Ontem, faltava exatamente um ano para o 1º turno da eleição geral.

Na eleição presidencial, o nome de Luiz Inácio Lula da Silva está definitivamente descartado. Faltando menos de um ano para a eleição, está sepultada a mudança constitucional que permitiria a ele tentar a segunda reeleição consecutiva. Portanto, a fila vai andar.

Mas, por enquanto, só se discutem nomes. Mas não apresentam um projeto de Nação. No máximo, apresentam projetos de Poder.

Mesmo esse bom projeto do Governo de exploração do pré-sal é mera patriotada para agradar o eleitorado cativo do PT nas estatais. Porque a patriotada acaba quando um sujeito aliado como Evo Morales ataca a Petrobras. Aí, a petralhada baixa a guarda das estatais. Como faziam os tucanalhas até 2002.

Nenhum comentário:

Postar um comentário