Política, cultura e generalidades

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

CPI que investiga Yeda aprova convocar presidente e ex-presidentes do Detran

Yeda Crusius
É, dona Yeda! A coisa tá ficando feia pro seu lado.

Fonte: G1.

28/09/09 - 20h54 - Atualizado em 28/09/09 - 21h24

Detran é alvo de investigação por suspeita de desvio de R$ 44 milhões.
Pedido para ouvir ex-secretário-geral do governo não foi aprovado.

Do G1, em São Paulo

A CPI que investiga denúncias de corrupção no governo do Rio Grande do Sul aprovou, nesta segunda-feira (28), requerimentos para convocar os ex-presidentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Sérgio Buchmann e Estella Maris Simon, o atual presidente do órgão, Sérgio Filomena, e o secretário adjunto de Administração do estado, Genilton Macedo Ribeiro.

A próxima sessão da CPI deve ser realizada na quinta-feira (1º). A sessão realizada nesta segunda foi a primeira que teve a presença de deputados em número suficiente para a votação de requerimentos.

O Detran é alvo de investigação na Justiça por suspeita de desvio de R$ 44 milhões. O esquema foi investigado na Operação Rodin, realizada pela Polícia Federal e pela Receita Federal, em novembro de 2007.

Os investigadores constataram que os envolvidos atuavam no Detran do Rio Grande do Sul, efetuando contratos para avaliação teórica e prática na habilitação de motoristas, sem licitação e com apoio das fundações de apoio universitárias. Os suspeitos efetuavam subcontratações ilegais com serviços superfaturados.

Segundo informações da Assembleia Legislativa, os depoimentos pretendem esclarecer o pagamento de uma suposta dívida do Detran com uma empresa. Outro requerimento aprovado requer ao estado documentos sobre as pendências do Detran com essa empresa.

Entre os pedidos apresentados pelos parlamentares, um foi rejeitado e 12 não tiveram votos suficientes para aprovação ou rejeição, entre eles, os que pediam a convocação do ex-secretário-geral de governo Delson Martini, de outros presidentes do Detran e de Magda Koenigkan, viúva de Marcelo Cavalcante, ex-assessor do governo encontrado morto em Brasília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário